Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Os descobrimentos mais impressionantes do ano passado

Hoje, trazemos algumas descobertas incríveis do ano passado.

Arco-íris de névoa

O arco-íris de névoa é um fenômeno muito raro que poucas pessoas puderam ver. Ele aparece quando os raios solares iluminam a névoa, formando uma espécie de arco branco. Em 2016, ele foi visto apenas duas vezes, uma na Escócia e outra nos Estados Unidos.

Os dinossauros tinham penas

Bom, pelo menos alguns deles. Existe uma prova contundente para isso. No ano passado foi descoberto um pedaço de âmbar que conservava um rabo de dinossauro que estava coberto de penas.

Todo ano a Austrália se move 7 cm para o norte

Todos os continentes se movem, mas a Austrália o faz com maior velocidade. Em 22 anos, o continente se aproximou 1,5 metros da Ásia. Ou seja, 7 cm por ano. O governo já anunciou uma mudança oficial nas coordenadas do país.

Uma porquinha trabalha no aeroporto de São Francisco

A porquinha Lilou foi contratada em 2016, quando entrou para a brigada de animais cujo propósito é acalmar os passageiros. Lilou talvez seja a porquinha mais estilosa do mundo. Seu uniforme é uma saia cor de rosa, um gorrinho e uma jaqueta. Além disso, ela tem uma conta no Instagram.

Talvez o Sistema Solar tenha mesmo 9 planetas

Em janeiro de 2016 cientistas declararam que existe outro planeta depois de Plutão. A probabilidade de sua existência é de 90%. O planeta ainda não tem nome, ainda é conhecido como 'O Nono Planeta'. Será que existe vida por lá?

Existe um novo continente

Cientistas declararam o descobrimento de um novo continente: a Zelândia. Ele sempre esteve lá, mas embaixo do oceano. Quase 94% dele está embaixo d'água e a parte terrestre é a...Nova Zelândia. Podemos chamar esse continente de 'Velha Zelândia?' :P

Peixes que podem se mover pela terra...

No norte da Tailândia foi descoberto um peixe que pode caminhar pela terra usando suas barbatanas. 'O anjo das cavernas' sabe caminhar por superfícies verticais e escalar rochas facilmente. Além disso, ele respira fora da água.

...e reconhecer rostos humanos

Cientistas australianos realizaram um experimento e descobriram que os peixes arqueiros podem reconhecer rostos humanos. Os bichinhos tinham de reagir a determinadas fotos para receber alimento. E eles superaram a prova.

As pombas percebem a fala humana

Outro experimento foi realizado com pombas para determinar a capacidade do cérebro dos pombos. Elas realmente são capazes de distinguir as palavras de sons sem sentido.

Será que têm a capacidade de escolher quem será o alvo de seu 'bombardeio?'

Tradução e adaptação Incrível.club
Produzido com base em material de BBC