Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Os incríveis truques por trás dos parques da Disney

Hoje em dia há 5 parques da Disney espalhados pelo mundo: Flórida, Anaheim (Califórnia), Paris, Hong Kong e Tóquio. O maior deles (e preferido dos brasileiros), claro, fica em Orlando, na Flórida.

Sempre escutamos muitas histórias sobre o ’padrão Disney de qualidade’ e sobre o incrível trabalho dos funcionários que mantêm acesa a chama da magia dos parques mais incríveis do Planeta. Prepare-se para conhecer seus maiores segredos.

14. Um departamento de figurino impressionante

O departamento que cuida do figurino da Disney é impressionante. Dentro,  mais de 1 milhão de fantasias! Isso acontece porque os personagens têm diferentes roupas, uma para cada ocasião. Uma grande quantidade de trabalhadores se ocupa da criação, manutenção e cuidado.

As roupas dos personagens ’peludos’ são um grande desafio para os funcionários. “Colocar a roupa é como se embrulhar em um grande tapete”, confessa um ex-funcionário. E ele acrescenta: “Os trabalhadores do departamento de fantasias fazem muito bem o seu trabalho, sempre deixam tudo limpo e tiram qualquer tipo de cheiro, para que nada lembre a pessoa que usou a roupa antes em um dia de calor”.

12. Emblema de identificação falso

Inscrição no banner: “Não seja um falso Chris, use seu emblema de identificação”.

Quando você for na Disney da Flórida, observe as identificações. Talvez você veja vários “Chris de Orlando”. Na realidade, esses funcionários têm outro nome. A explicação: quando um deles esquece o carchá usa um genérico, que sempre tem o mesmo escrito. Mas a simpatia e o profissionalismo estão lá, independentemente do nome.

11. Uma forma especial de juntar os dedos

O mais provável é que você nunca veja um funcionário da Disney sinalizar algo com apenas um dedo. Eles sempre usam o famoso ’gesto Disney: dois dedos juntos. Existem dois motivos. Em primeiro lugar, a Disney é visitada por pessoas de todo mundo, de diferentes culturas e mentalidades. E em muitas culturas sinalar algo com apenas um dedo é considerado um gesto muito grosseiro.

O segundo motivo vem do próprio Walt Disney, que era fumante e sempre segurava o cigarro com dois dedos e sinalava as coisas ao mesmo tempo. Claro que quase ninguém mais fuma, mas o gesto se manteve.

10. Uma frase secreta para visitantes mal educados

Todo mundo que trabalha com pessoas acaba cruzando com alguém que seria melhor não ter conhecido. Os motivos são muitos: a pessoa pode ser chata, mal caráter ou até mesmo agressiva. Mas os funcionários da Disney estão proibidos de mostrar aos turistas uma reação negativa, mesmo se eles tiverem razão. Por isso, se você for desses clientes cansativos, não se engane ao escutar de um funcionário do parque a frase ’Que você tenha um mágico dia Disney’ (’Have a magical Disney day’): essa é a maneira que eles têm para mostrar o que sentem de maneira educada.

É um frase codificada no idima Disney que permite aos funcionários uma pequena satisfação.

9. O sistema de túneis subterrâneos

O sistema de túneis subterrâneos de serviço da Disney da Flórida é um dos mais complexos do mundo. Por meio deles passam funcionários, mercadorias, lixo e muito mais. Curiosamente, as paredes são pintadas de diferentes cores, de acordo com os setores do parque. Isso foi feito para que os funcionários possam se orientar melhor e saber exatamente onde devem sair.

As entradas e saídas dos túneis estão muito bem escondidas. Existem excursões que levam os turistas aos bastidores, elas são chamadas de ’A chave do reino’.

8. Aparência muito rígida

Existe uma norma muito rígida quanto à aparência dos funcionários da Disney. É proibido usar qualquer tipo de piercing (exceção são as orelhas; apenas um furo por orelha), tatuagens devem ser escondidas completamente e o cabelo dos homens deve ser curto. Além disso, apenas tons neutros de esmalte são liberados.

7. Todo tipo de adesivo

Os funcionários do parque sabem que podem fazer um turista muito feliz apenas dando de presente um adesivo de um personagem da Disney. Por isso, eles sempre têm um monte deles no bolso.

6. Às vezes, eles podem se comportar mal

“Os personagens mais incríveis são o Tico e o Teco”, afirma uma funcionária do parque. “Porque o que eles fazem o dia todo no parque é brincar e trolar as pessoas. Roubam garrafas de água e todos dão risada. Sentam em carrinhos de bebê, todos amam, fingem que estão brigando e todos adoram. É isso o tempo todo”.

5. Um personagem por parque

Os funcionáros da Disney precisam conservar a magia e tomam muito cuidado para que não apareça mais de um personagem no mesmo lugar no mesmo momento. Em alguns parques isso é mais fácil que em outros. Às vezes, as coisas dão errado. Mas, em geral, a magia sempre se mantém. É muito pouco provável que você veja o Peter Pan e a Branca de Neve no mesmo lugar.

4. Os visitantes nem sempre se comportam corretamente

“Quando eu fazia o papel de Pateta, puxavam as minhas orelhas, me batiam nas pernas e giravam o nariz da minha fantasia (que dói muito)”, contou um dos ex-funcionários do parque. “As pessoas pulavam em mim e sempre tentavam olhar dentro da fantasia. E isso era feito por adolescentes e adultos, não por crianças. Além disso, sempre tem um pai que reclama que no parque não vendem bebida alcoólica”.

3. As princesas ganham mais que outros personagens

Como em qualquer trabalho, o salário varia em função dos mais variados fatores: horas de trabalho, tipo de função, etc. Curiosamente, os príncipes, as princesas e outros personagens humanos ganham mais que outros personagens — inclusive o próprio Mickey. Isso acontece porque os personagens humanos precisam lidar com o público sem uma máscara e, por isso, precisam se comunicar de maneira mais ativa. Já os peludos ficam sempre em silêncio dentro da fantasia.

Antes de trabalhar como um personagem ’com rosto’, o funcionário precisa passar muitos dias como um personagem em fantasia fechada.

2. Constante dor nos pés

Não é de estranhar que os funcionários dos parques andem longas distâncias todos os dias. Em um parque com milhares de turistas, os personagens nunca ficam parados. Por isso mesmo que o sorriso ao final do dia é de admirar.

1. Um trabalho mágico que permite experimentar as emoções mais lindas da vida

“Eu estava trabalhando como Pateta no restaurante esse dia — conta um funcionário. No canto, vi uma mesma com uma grande família, com muitos filhos. Uma das crianças tinha um tipo de autismo. Os personagens precisavam passar pela mesa e cumprimentar a todos devagar com as mãos. Eu cumprimentei e ele sorriu um pouco. Quando passei de novo pela mesa e balancei a mão, ele saltou da cadeira, correu até mim com um grande sorriso e me abraçou na cintura. Seus olhos brilhavam tanto que eu fiquei derretido. Fiquei muito feliz de ver que a criança que não deixava ninguém se aproximar tivesse conseguido expressar seus sentimentos. A família tinha economizado durante muito tempo para poder estar lá conosco. A mulher se aproximou com lágrimas nos olhos e me deu um forte abraço. Digo com toda a sinceridade: foram os abraços mais sinceros de toda a minha vida”.