Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Foi picado por um inseto? Descubra o ’autor do crime’

---2
37k

Em muitas ocasiões, picadas de insetos são inevitáveis. E algumas destas lesões podem ser particularmente incômodas. Isso sem falar que, frequentemente, sequer percebemos qual foi o inseto que nos atingiu. Às vezes surge dor, coceira ou ardência no local.

Nós, do Incrível.club, já passamos por muitas situações assim, então criamos uma lista com os sintomas de picadas de diferentes insetos, para que você saiba qual bicho te picou.

Mosquito (Pernilongo)

Picadas de pernilongos provocam um pequeno inchaço avermelhado. Frequentemente, surgem em áreas do corpo que ficam descobertas. Os mosquitos procuram pontos do nosso corpo onde a pele é mais fina, que facilita a chegada aos vasos sanguíneos. Ao picar, eles injetam sua saliva, que contém anticoagulantes (que deixam o sangue mais líquido). E é justamente isto que leva ao inchaço do tecido, com vermelhidão e coceira.

Carrapato

Após a picada por um carrapato, o corpo reage com uma mancha vermelha no local atingido. O inseto é capaz de ficar muito tempo grudado no corpo da vítima, alimentando-se de seu sangue e aumentando de tamanho.

O mais preocupante é que os carrapatos transmitem aos humanos encefalite, a doença de Lyme e várias outras enfermidades. Se, após a retirada do inseto, a mancha vermelha não pele não desaparecer ou até aumentar de tamanho, procure um médico imediatamente.

Se você foi andou em pastos (principalmente em períodos de seca), dê uma revisada no corpo após o passeio pra ter certeza de que não trouxe essa carona indesejada)

Pulgas

As picadas de pulgas podem ser confundidas com alergia ou com "trabalho" dos pernilongos, já que também provocam inchaço avermelhado, muito parecido com o produzido pelos últimos. No entanto, diferentemente dos mosquitos, as pulgas picam com bastante força, provocando dor e coceira.

De forma geral, as pulgas picam os humanos nas pernas, mas se a pessoa estiver dormindo, qualquer parte do corpo pode ser atingida. Um mesmo inseto pode picar a vítima várias vezes. Por isso, a distância entre duas picadas costuma ser de 1 a 2 centímetros. As pulgas também podem transmitir muitas doenças perigosas ao ser humano.

Abelha

As abelhas costumam deixar seu ferrão no local afetado, e o mesmo precisa ser cuidadosamente removido. Geralmente, a pele fica avermelhada e inchada. A vítima sente uma dor aguda e ardência. Depois de um tempo, pode surgir uma forte coceira. Se você não for alérgico, o sofrimento não demora a passar. Por outro lado, se pessoa tiver alergia ao veneno das abelhas podem surgir problemas respiratórios, tornando necessário o atendimento pelo serviço de emergência imediatamente (No Brasil, Samu - 192 e Bombeiros - 193; em Portugal, Número Nacional de Emergência - 112)

Vespa

Os sintomas da picada de uma vespa são bem parecidos com os provocados pelas abelhas. No local atingido, também surge um inchaço avermelhado, dor e ardência intensos, que podem tornar-se insuportáveis segundos depois. A pele pode ficar 'pisada de sangue' e a vespa pode picar a pessoa várias vezes. Assim como acontece com as abelhas, os alérgicos ao veneno a esse inseto podem sofrer choques anafiláticos.

Vespa crabro

No lugar afetado pela picada de uma vespa crabro, surge vermelhidão e inchaço intensos na pele, podendo aparecer também bolhas. A pessoa sentirá uma dor aguda, mais grave que a provocada pela picada de vespa comum. Como as vespas crabro são maiores que as vespas e seu veneno é mais tóxico. Ele contém histamina e acetilcolina

Se, após a picada por uma vespa crabro, a vítima sentir frio nas extremidades, as orelhas e lábios ficarem azulados e surgir dificuldade para respirar, é preciso procurar ajuda médica imediatamente - números acima.

Formiga

A maioria das formigas não são perigosas para os humanos. No entando, algumas espécies podem provocar problemas, como a formiga-de-fogo. Na região de suas picadas, aparecem lesões que, depois, deixam cicatrizes. O veneno dessas formigas possui muitas toxinas, e a vítima pode desenvoler uma forte alergia ou mesmo um choque anafilático.

No caso das formigas comuns, a lesão lembra a provocada por mosquitos. Surge na pele uma mancha rosada que, após algum tempo, coça. No momento da picada, a pessoa sentirá uma ardência, parecendo água quente caindo sobre a pele.

Mutuca

As mutucas lembram as moscas comuns, só que são maiores e corpulentas. Esse inseto é capaz de picar gravemente os humanos, sugando o sangue de forma bastante dolorida. No começo, é possível que a região afetada fique avermelhada, com uma mancha de cerca de 1 milímetro de diâmetro. Depois, aparecem o inchaço e a coceira. As mutucas transmitem várias doenças como tularemia e carbúnculo. Estes insetos costumam atacar mais bovinos do que humanos.

Piolho

Se você observar pequenos pontos vermelhos, parecidos com picadas de mosquitos, em locais do corpo onde há muitos pelos, como cabeça, pescoço ou atrás das orelhas, provavelmente foi picado por piolhos comuns ou piolhos púbicos. Se encontrar estes pontos nas costas, abdômen, braços e pernas, os responsáveis podem ser piolhos de corpo. As picadas ficam a uma distância de poucos centímetros entre si, podendo ser observados pequenos rastros entre uma e outra.

Os piolhos transmitem doenças graves, como tifo e a chamada febre das trincheiras.

Percevejos de cama

À primeira vista, as picadas dos percevejos de cama lembram as das pulgas ou uma reação alérgica. A pele pode apresentar inchaço acompanhado por vermelhidão, com forte coceira. Mas as consequências dos ataques destes insetos podem ser identificadas pelos rastros que ficam na pele. As picadas são sempre bem perto umas das outras. Outra diferença é que as lesões provocadas pelos percevejos de cama são mais doloridas que as dos mosquitos. Muitos dos rastros são facilmente notados pela manhã, já que estes bichos saem para se alimentar durante a noite.

---2
37k