Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Experimentamos e comparamos os cafés da manhã de diferentes países. O resultado é surpreendente

Dizem que o café da manhã é a refeição mais importante do dia e deve incluir proteínas e carboidratos. Afinal de contas, sempre fomos ensinados que, antes de ir à escola, precisamos nos alimentar direitinho, não é mesmo, mamães? Acontece que cada país tem um tipo de café da manhã. Em alguns, a comida é tão leve que mais parece um aperitivo.

Durante 11 dias, o Incrível.club experimentou diferentes cafés da manhã. Fomos surpreendidos com as mais diferentes ideias de alguns cozinheiros. Adoramos o estilo do Egito. Alguns, embora muito diferentes, fogem demais do nosso bom e velho pão na chapa com pingado, e foi difícil de encarar. Veja mais exemplos e diga qual deles você prefere.

Do que gostamos: a grande quantidade de proteína, tanto de origem animal como vegetal, que dá muita energia. O café da manhã é realmente potente e dá muito vigor.

Do que não gostamos: a grande quantidade de fritura. Digerir o feijão e os cogumelos com bacon também não é tarefa fácil. Talvez fosse melhor comer tudo isso no almoço.

Do que gostamos: o pão, os legumes e os queijos alimentam e dão uma sensação de leveza.

Do que não gostamos: um café da manhã com partes separadas umas das outras, nada muito combinado. Além disso, faltou algo quente.

Do que gostamos: muito nutritivo, cheio de vitaminas e saudável. Perfeito para um dia cheio de coisas para fazer.

Do que não gostamos: talvez pareça estranho comer peixe logo cedo, mas gostamos da experiência. O difícil foi comer tudo.

Do que gostamos: simples, rápido e surpreendentemente saboroso.

Do que não gostamos: não é muito nutritivo. Ficamos com fome pouco tempo depois. Além disso, não sabemos se realmente traz muitos benefícios ao corpo.

Do que gostamos: é um café da manhã nutritivo e saboroso, com carboidratos e proteínas.

Do que não gostamos: Alho no café da manhã não rola!

Do que gostamos: ideal para quem acorda atrasado e precisa comer algo rápido.

Do que não gostamos: um pouco sem graça e sem muitos nutrientes.

Do que gostamos: bastante nutritivo.

Do que não gostamos: o excesso de manteiga não ajuda no colesterol.

Do que gostamos: para falar a verdade, gostamos que não havia o típico bacon que os norte-americanos tanto comem. Gostamos de comer algo doce logo cedo.

Do que não gostamos: o elogio serve para a crítica: doce demais. A mistura de gordura, ácido e leite não dá certo. O estômago fica pesado e a fome aparece rapidamente.

Do que gostamos: delicioso.

Do que não gostamos: foi pouco.

Do que gostamos: Shakshuka não é apenas ovos com tomate, ele leva também pimentão, cebola, alho e temperos. Uma delícia!

Do que não gostamos: sim, é uma delícia, mas alho de manhã não é pra qualquer um.

Do que gostamos: um café da manhã balanceado, com carboidratos, proteínas, vegetais e produtos derivados do leite. Tudo combinado de uma maneira excelente.

Do que não gostamos: talvez falte um pouco de carne, mas os vegetarianos vão adorar.

Tradução e adaptação Incrível.club