Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Em Amsterdã, turistas podem se casar com um holandês por um dia e percorrer a cidade em lua de mel

3--4
182

Os guias Untourist Guide to AmsterdamWed and Walk lançaram uma iniciativa muito inusitada: casar com um holandês para conhecer melhor a capital dos Países Baixos. O pacote mais barato tem um valor de 100 euros (440 reais), inclui a cerimônia com os trajes, anéis, votos e a lua de mel, que consiste em um passeio a pé ou de bicicleta pelos lugares mais desconhecidos de Amsterdã.

No Incrível.club lhe contamos todos os detalhes sobre essa proposta louca e surpreendente que se tornou uma das mais solicitadas atrações turísticas.

Como surgiu a iniciativa

Se você não está preparado para um compromisso para a vida toda, mas gosta da parte de planejar um casamento e tem curiosidade para saber como é se casar, talvez essa seja a opção ideal para você. Em Amsterdã, um dos lugares mais turísticos da Europa, é possível se casar com um residente local por um dia e visitar as áreas menos conhecidas da cidade como se fosse a sua lua de mel.

Essa nova experiência, intitulada “Marry an Amsterdammer” (Case-se com um residente de Amsterdã), foi lançada pelo Untourist Guide to Amsterdam e pelo grupo Wed and Walk, que organiza casamentos de mentira desde 2006.

Por trás dessa ideia louca e fascinante, existe um propósito que busca incentivar o bom comportamento dos turistas em Amsterdã. No ano passado, cerca de 18 milhões de pessoas visitaram a capital dos Países Baixos e as tentativas de gerenciar esses números resultaram em campanhas como Enjoy and Respect, que multava todas as pessoas que causavam danos públicos.

Como resultado dessa situação incontrolável, os sites que criaram os casamentos expressos buscam neutralizar os efeitos negativos do turismo de massa, como o lixo, o tráfego e os altos preços. A iniciativa enfoca conhecer Amsterdã de uma maneira diferente, evitando atrações turísticas típicas e respeitando o local que se está visitando.

Um casamento express para turistas

Sob o lema “comemore seu amor e lealdade por um dia”, o site Wed and Walk apresenta essa proposta inovadora que se tornou um sucesso. O plano é simples: incentivar o casamento com um holandês para aproveitar os lugares menos movimentados da capital do país. É claro que a união entre as duas pessoas dura apenas 24 horas e não tem valor real.

O site oferece três planos diferentes que variam de acordo com as atividades e seus valores finais. O mais econômico, intitulado “Prata”, é de cerca de 100 euros (440 reais) e oferece uma celebração de 60 minutos, na qual apenas um máximo de quatro testemunhas podem comparecer. Com relação aos dois planos restantes, “Ouro” e “Diamante”, ambos oferecem uma cerimônia de 75 minutos, troca de trajes, sessão de fotos e, no máximo, 12 testemunhas. O primeiro tem um valor de 125 euros (550 reais) e o segundo de 150 euros (660 reais).

Embora o casamento seja completamente de mentira, a intenção do Wed and Walk é que os turistas vivenciem ao máximo o compromisso com o seu parceiro. Por essa razão, convida os “noivos” a participarem do planejamento da cerimônia, escolhendo músicas, trajes, alianças e escrevendo os votos. Quando estiverem prontos para pronunciar o famoso “sim, eu aceito” no altar, eles serão acompanhados por um mestre de cerimônias e um fotógrafo que captura o tão esperado beijo ou abraço, se você preferir não beijar um estranho. Além disso, receberão uma certidão confirmando a união de seu amor repentino.

Planejando o casamento do zero

O local onde ocorrem os casamentos fica no bairro De Pijp. Embora não seja realmente uma capela, o lugar é decorado de uma forma muito romântica e elegante. No caso de o casal preferir outro local para realizar a cerimônia, os planejadores se adaptam ao pedido do cliente e recriam um altar onde a noiva e o noivo trocam suas alianças.

Se você quer ficar maravilhosa, Wed and Walk oferece vestidos de todos os tamanhos e modelos. No caso de o vestido dos seus sonhos não corresponder ao seu tamanho, ele será ajustado com alfinetes e laços. Para os homens, há gravatas, chapéus e roupas; mas, infelizmente, eles ainda não contam com uma grande variedade de camisas, calças e sapatos.

Para fazer parte dessa atração turística, não é necessário ser maior de idade, já que a cerimônia é completamente falsa e é realizada sob a forma de uma “brincadeira”. Existem algumas coisas que não são permitidas pelo site, como jogar arroz, pétalas ou confetes nos recém-casados. Se alguém não respeitar essa exigência, será cobrada uma taxa de limpeza de 150 euros. No site, eles também esclarecem que você não pode beber ou comer, pois podem manchar os vestidos das noivas.

Amsterdã, o destino perfeito para a lua de mel

Em 24 horas, o casal pode fazer um passeio cultural, a pé ou de bicicleta, para conhecer a cidade. Dessa forma, os recém-casados ​​irão explorar os cantos escondidos que a maioria dos visitantes ignora, compartilhar ideias e culturas e aproveitar um bom tempo na companhia um do outro.

No bairro onde ocorre o casamento, que fica bem na esquina do famoso mercado Albert Cuyp, o casal vai encontrar bons cafés como o Venster 33, restaurantes como o Petit Caron, sorveterias e pizzarias. O parque em estilo inglês, chamado Sarphatipark, fica a uma curta caminhada e é um ótimo lugar para relaxar.

Se o casal quiser terminar a viagem com uma opção diferente, a cervejaria Heineken fica a poucos quarteirões de distância. Você também pode fazer os cruzeiros que mostrarão a cidade de outro ponto de vista. Se durante o processo descobrirem que são fãs de cinema, podem participar do famoso Rialto, ou simplesmente ir ao De Taart Van M’n Tante (Bolo da Minha Tia), localizado em Ferdinand Bolstraat, para uma deliciosa fatia de bolo de casamento.

O que acha dessa iniciativa? Você se atreveria a se casar por um dia em Amsterdã? Conte-nos sua opinião na seção de comentários.

Imagem de capa wedandwalk / instagram
3--4
182