Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Cientistas revelam como será nosso mundo em 2050

Todos nós, pelo menos uma vez na vida, pensamos sobre como será nosso futuro, o que faremos em um ano ou onde estaremos daqui a uma década. Mas você já quis saber o que será do nosso mundo em 2050? Graças à pesquisa e novas tecnologias, os especialistas já têm algumas estimativas do que nos espera em poucas décadas.

Incrível.club conduziu uma pesquisa para descobrir o que vai mudar no futuro, e como a vida humana será transformada devido aos avanços tecnológicos e científicos, e quer compartilhar com você as informações que encontrou.

1. População

O mundo é habitado por mais de 7,5 bilhões de pessoas. Relatórios das Nações Unidas indicam que, até 2050, a população chegará a aproximadamente 9,8 bilhões. Atualmente, a lista dos países mais populosos é liderada pela China e, em segundo lugar, vem a Índia, um país com estimativas de ultrapassar o primeiro em algumas décadas. Por outro lado, a África tem uma taxa de crescimento maior em comparação com a Europa, e acredita-se que contribuirá com 50% do aumento da população mundial em cerca de 30 anos.

2. Entendimento do cérebro

O neurobiólogo espanhol Rafael Yuste acredita que em breve testemunharemos uma revolução que modificará a condição humana porque, dentro de algumas décadas, o código cerebral poderia ser completamente decifrado. Isso revelaria a atividade do cérebro, onde milhões de neurônios se projetam e se conectam, para mostrar a essência do ser humano, entendendo mais precisamente seus pensamentos e tudo o que acontece em sua mente.

Isso beneficiaria pessoas que sofrem de problemas cerebrais, aumentando a capacidade mental. Essa tecnologia pode ser decisiva para os próximos anos, combinada com edição genética, computação e inteligência artificial.

3. Bebês modificados geneticamente

Através da tecnologia CRISPR, pela qual é possível modificar facilmente o genoma dos seres vivos, pode surgir o nascimento de crianças com características específicas, como altura, capacidade visual ou cor dos olhos. Independentemente dos atributos físicos, um estudo concluiu que essa técnica poderia ser útil na prevenção de algumas doenças, alterando o DNA de uma pessoa. Atualmente, não há testes ou experimentos para garantir que esse método seja seguro. Até o ano de 2050, há uma probabilidade de que se tenham encontrado informações suficientes para empregá-lo, por meio dessa tecnologia ou de outras.

4. Mudança climática e extinção de animais

Dentro de alguns anos, o aumento da temperatura terá consequências preocupantes para o planeta. Os cultivos, por exemplo, terão que ser mudados das áreas habituais e serão forçados a resistir à seca e às inundações, que também poderiam ocorrer. A produção diminuirá significativamente e isso afetará o aspecto econômico e o consumo de alimentos.

Muitas árvores irão desaparecer devido a fenômenos climáticos e algumas espécies que vivem nas partes mais frias, como o urso polar, focas, morsas e algas, estarão em uma situação crítica, até com possibilidades de extinção, assim como espécies dos trópicos.

5. Carros elétricos

Até 2050, ou talvez anos antes, estima-se que haverá um bilhão de carros elétricos, com a intenção de reduzir a poluição gerada pelos motores habituais. Os carros que conhecemos agora só farão parte de museus e filmes. A partir de 2040, alguns países deixarão de vender veículos que tenham motores de combustão e sua circulação será proibida.

Isso beneficiará o meio ambiente, mas trará fatores desfavoráveis ​​aos empregos envolvidos nesse setor, como motoristas de táxi, mecânicos, fabricantes de automóveis, agentes de seguros e professores de autoescola.

6. Robôs

A tecnologia já fez muitos avanços em termos de robótica. Como você pode ver em um vídeo que uma empresa chinesa publicou, já existem máquinas que podem realizar certas atividades, como abrir uma garrafa com as mãos, mexer os dedos e segurar uma carta ou até 4 litros de líquido. Isso é possível através da imitação dos movimentos de um operador, mas até onde querem ir com os robôs?

Até o ano de 2050, pode ser possível que nossos pensamentos sejam armazenados em um robô com o desenvolvimento de diferentes projetos. Dessa forma, seríamos imortais e haveria uma extensão de nossa mente quando nossa vida chegasse ao fim. Nós só mudaríamos nossos corpos, e poderíamos até mesmo assistir ao nosso próprio funeral para dizer adeus ao corpo que se foi e continuar vivendo como um robô.

7. Expectativa de vida

A diferença entre o tempo que as pessoas vivem nos países ricos será cada vez menor em relação às dos países de baixa renda. Em 2017, a expectativa de vida ao nascer era de 72 anos. Em poucos anos, poderia aumentar para 77 e, nos países desenvolvidos, para 85. Em alguns casos, se levar uma vida saudável, o homem pode viver até 120 anos, devido aos avanços que a medicina terá. A impressão tridimensional, os métodos para descobrir o câncer e outros recursos possibilitarão tomar medidas precoces para beneficiar a saúde.

8. Vidas em outros planetas

Muitas tentativas foram feitas para descobrir se existe vida em outros planetas. Um especialista no assunto disse em uma entrevista que, por probabilidade e estatística, é certo que até 2050 já existam descobertas que comprovem a existência de outros seres, embora não sejam muito semelhantes a nós ou como imaginamos. Ele ressaltou que é uma questão de olhar nos lugares certos e fazer uma revisão do que já foi feito, porque a NASA já encontrou outros planetas que são muito semelhantes à Terra.

9. Celulares e Internet

A tecnologia é uma das ciências que mais avançam. Ao longo dos anos, testemunhamos a evolução dos dispositivos que usamos todos os dias. Talvez os telefones celulares não deixem de existir, mas eles terão uma evolução. Provavelmente serão menores, com telas flexíveis e uma bateria mais forte, tendo a possibilidade de carregá-los via Wi-Fi.

Estima-se que dentro de 20 ou 30 anos não apenas os celulares serão inteligentes, é possível que muitos dos objetos ao nosso redor, como sapatos, lentes ou carros, possam ser úteis para enviar dados, estando conectados. Isso seria possível através da tendência “Internet das Coisas”, a rede proposta que mudará o mundo.

10. Câncer

Os cientistas procuraram por uma solução para essa doença por muitos anos. Depois de tantos avanços em tecnologia e ciência, seria lógico ter a possibilidade de encontrar um remédio para as pessoas que sofrem com isso.

Pesquisadores descobriram uma maneira de transformar o câncer em algo curável, através de um tratamento que duraria algumas semanas e seria muito mais barato do que os atualmente disponíveis no mercado. Até o ano de 2050, poderia se esperar a descoberta de uma cura total, se as drogas realmente cumprirem as funções que prometem.

Que outras mudanças você acha que virão a transformar o planeta em 2050? Qual das que estão na lista você achou mais interessante? Conte-nos suas respostas nos comentários.