Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

9 Truques usados por floriculturas

Flores realmente frescas não são coisas que costumamos ganhar de presente diariamente. Geralmente, só temos contato com a beleza e o cheiro característicos delas em ocasiões especiais. É tanto que ficamos até tristes quando aquele belo arranjo murcha tão rapidamente.

Fã de rosas, orquídeas, gerânios e afins, a redação do Incrível.club descobriu algumas estratégias adotadas por floriculturas para que suas flores pareçam mais frescas. Cuidado para não levar gato por lebre!

9. Tons pouco naturais

Tingir as flores é uma maneira eficiente de esconder pequenos defeitos, manchas ou pétalas murchas. As floriculturas fazem isso de duas formas: a primeira é colocando as flores num corante concentrado. A segunda é aplicando tinta em spray. Flores assim só se mantêm bonitas por 2 a 3 dias.

8. Pétalas cobertas com glitter

As flores com bordas cheias de glitter provavelmente não estão em sua melhor forma. Muitas vezes, as floriculturas usam essa estratégia em flores de tonalidade clara, para esconder as bordas murchas ou disfarçar manchas feias. Caso você goste do efeito do glitter, peça que seu arranjo seja produzido com flores frescas e decorado na sua frente.

7. Muita embalagem

Uma embalagem colorida é a forma mais fácil de desviar a atenção dos clientes das flores de má qualidade. Caso lhe ofereçam um arranjo envolto em material transparente, é melhor não comprá-lo. Mas é normal que muitos casos, os próprios clientes peçam para que a floricultura embale uma pequena quantidade de flores em papel, criando a impressão de ser um arranjo mais vistoso.

6. Decoração excessiva

A decoração também é útil para desviar o foco nas flores de baixa qualidade. Sejam simpáticas borboletas de plástico, seja um urso de pelúcia, esses truques enganam muito bem os clientes sem experiência. Mas você não vai querer jogar hoje no lixo o arranjo comprado ontem, não é verdade?

5. Flores montadas com pétalas caídas

Pétalas que caíram e uma cola especial podem servir para montar rapidamente uma bela flor, ou até mesmo um arranjo inteiro. Muitas vezes, esse truque é usado por floriculturas que não querem perder dinheiro com mercadoria não vendida. No entanto, é preciso dizer que existe uma técnica especial chamada glamélia, por meio da qual os profissionais da área criam composições incríveis a partir de pétalas soltas.

4. Elementos que dão suporte

Este extravagante arranjo realmente chama muito a atenção: flores frescas com uma estrutura diferente podem ser um belo presente. Ou não? Na verdade, as folhas verdes como as da foto acima dão suporte adicional às flores murchas. Construções assim também são usadas para montar flores a partir de pétalas separadas.

3. Botão a partir de uma flor murcha


Muitos tipos de rosas contam com bases densas, formadas por múltiplas pétalas. Ao retirar algumas pétalas danificadas, é possível fazer a flor parecer um botão bonito e "fresco". Um cliente menos observador pode achar que realmente se trata de um botão ainda por abrir. Muitas floriculturas, contudo, na hora de transportar suas mercadorias, retiram das flores as primeiras pétalas, aquelas "de proteção", o que é perfeitamente normal e aceitável.

2. Cestos de flores quebradas

Muitas vezes, para criar pequenos cestos, são usadas flores que não servem mais para arranjos. Com esse objetivo, as lojas especializadas usam plantas com flores múltiplas, como os crisântemos, por exemplo. É onde entram as flores que já estão prestes a murchar. Você pode identificar um arranjo floral de baixa qualidade a partir de uma grande quantidade de elementos decorativos.

1. Base de má qualidade

Na construção de arranjos florais, cestos ou buquês de noiva, é usada uma espécie de espuma especial conhecida como oásis. Este material absorve bem a umidade a mantém a flor no ângulo que o cliente quiser. As floriculturas que querem economizar usam um substituto barato de espuma misturada com areia, o que diminui a vida das flores.

Bônus: Como escolher flores frescas

  • Não compre arranjos já prontos. Peça ao florista que monte um na sua frente, usando as flores que você mesmo escolheu.
  • Não pague a entrega em domicílio antecipadamente. Existe uma grande probabilidade de que as flores de uma encomenda já paga sejam de baixa qualidade.
  • Os arranjos misturados, daqueles feitos com flores de várias cores diferentes, costumam murchar rapidamente. Em muitos casos assim, as floriculturas usam flores que já estão na loja há muito tempo.
  • As rosas azuis pintadas em ambientes quentes produzem um aroma desagradável. Se quiser dar algo mais exótico de presente, compre rosas brancas e mergulhe-as em uma solução de água com tinta azul. Em poucos dias, as flores ganharão um tom de azul intenso.
  • Segundo nossas observações, as rosas de melhor qualidade são as amarelas e as cor de rosa. Já as que menos duram são as de cor de pêssego.