Incrível
Incrível

9 Razões pelas quais aparentamos ser mais jovens que nossos pais na mesma idade

Dê uma olhada no seu álbum de formatura e nas fotos dos seus pais na mesma fase da vida: por que eles pareciam mais adultos e maduros em comparação com você? Existem várias explicações lógicas a respeito do assunto, mas o fato é que a humanidade está parecendo mais jovem a cada ano.

Incrível.club ficou curioso em relação a essa questão. Por que, afinal, as pessoas de hoje parecem ser mais jovens que as de gerações anteriores? Explicaremos para você!

O envelhecimento biológico vem ocorrendo mais devagar

“Minha mãe e eu tiramos essas fotos com a mesma idade”

Primeiro, o conceito de envelhecimento mudou: um homem na casa dos 50 era considerado velho há 150 — 200 anos; hoje é visto como uma pessoa de meia-idade tardia. Você já reparou que algumas pessoas já têm cabelos grisalhos e pequenas rugas aos 30, enquanto outras ainda parecem estudantes do colegial? Isso ocorre em função do relógio biológico, que varia de pessoa para pessoa e não costuma coincidir com a idade real. Pesquisadores americanos chegaram à conclusão de que, ultimamente, o envelhecimento biológico vem ocorrendo mais lentamente. Essa é a razão pela qual as novas gerações se sentem jovens por mais tempo.

Pessoas passaram a fumar menos

“Parei de fumar há apenas três meses. Mas olhem só, a pele parece completamente diferente!”

Em 2010, uma em cada quatro pessoas com menos de 24 anos era fumante regular; em 2015 esse número diminuiu, passando a uma em cada cinco. Dados de 2017 mostram que a proporção de jovens que, até os 24 anos, nunca haviam fumado era de 70%, ante 46% em 1974.

Essa tendência não se relaciona apenas com a proibição de fumar em locais públicos ou com o preço do tabaco, que vem aumentando todos os dias. O fato é que mais jovens optam por uma vida saudável e passam a cuidar melhor da saúde. Considerando o fato de que o tabagismo é um dos vícios mais prejudiciais à beleza, é mais fácil abandoná-lo do que desistir da pele fresca e brilhante.

Mulheres tornam-se mães cada vez mais tarde, então aparentam ser mais jovens

“Na foto (da esquerda para a direita): minha avó, minha mãe e eu na mesma idade”

Pesquisas recentes provam que, após dar à luz, as mulheres tendem a envelhecer mais rapidamente. Primeiro, a fadiga e o estresse constante sempre acompanham os primeiros meses depois do nascimento de criança, quando os pais fazem tudo para proporcionar o melhor para o futuro do seu filho. Segundo, as mudanças corporais que acontecem logo depois do parto ocorrem em nível celular.

Hoje, as mulheres são mais ambiciosas: costumam dedicar mais tempo à própria carreira e só depois pensam em criar uma família e ter filhos. Esse é um dos motivos pelos quais os sinais visíveis de envelhecimento surgem muito mais tarde.

A vida cotidiana exige menos força física

A vida dos nossos pais e avôs era complicada: os aspiradores de pó eram de qualidade baixa e difíceis de encontrar. Além disso, máquinas de lavar roupa eram artigo de luxo. Vale destacar que as mulheres do passado também tinham muitas preocupações do dia a dia: precisavam conciliar o trabalho, a educação dos filhos, além de cuidar do seu marido e montar uma rotina de limpeza da casa. Hoje, é mais fácil lidar com tarefas domésticas: dá para lavar roupa e louça na máquina e depois usar um robô aspirador de pó para fazer uma faxina. Com essas vantagens da civilização moderna, as mulheres passaram a aproveitar melhor o tempo, descansando e cuidando de si mesmas, mesmo seguindo o ritmo estressante da vida moderna.

A qualidade dos serviços odontológicos e ortodônticos vem crescendo significativamente

Existe uma ligação direta entre o formato do rosto e o estado dos dentes: as bochechas e os lábios se apoiam nos dentes e na mandíbula; por isso os dentes danificados ou a falta deles prejudicam o formato do rosto. Em situações mais críticas, as bochechas “descem” e os lábios se tornam mais finos. A cirurgia plástica pode corrigir as consequências dessas mudanças naturais, mas o desalinhamento dos dentes pode piorá-las. No entanto, a visita regular ao dentista ajudará a manter um belo formato do rosto por mais tempo.

Atualmente, a qualidade dos serviços de ortodontia e de odontologia permite que você conserte os problemas ligados aos dentes com os quais seus pais simplesmente não podiam lidar. Além disso, o resultado do tratamento ortodôntico permanece por mais tempo: a qualidade dos medicamentos vem melhorando e os ortodontistas estão ficando mais experientes.

O protetor solar está presente em todos os cosméticos

A qualidade dos cosméticos vem melhorando, sua variedade vem crescendo a cada ano e os cuidados com a pele vêm se tornando uma rotina diária para a maioria das mulheres. Ao mesmo tempo, não só o protetor solar contém o filtro solar: a sigla FPS (Fator de Proteção Solar) acompanha os frascos de cremes hidratantes, bases e até embalagens de pó. A proteção solar mantém a pele jovem para que as mulheres modernas possam se sentir lindas por mais tempo.

Os jovens de hoje buscam experiências diferentes

As emoções positivas ajudam a prolongar a vida e até a lidar com doenças. Além disso, pessoas otimistas têm menos chance de sofrer com estresse — que, por sua vez, faz envelhecer mais rápido e leva à formação de rugas, como uma doença.

Atualmente, os jovens desfrutam de várias fontes de alegria: podem viajar pelo mundo, fazer o que gostam (em vez de se envolver em algo fora do seu interesse), desenvolver o seu potencial criativo, fazer amizades e comunicar-se com pessoas de todo o mundo. Hoje, existe um número muito maior de passatempos que na época dos nossos pais e avós; simples passeios e danças já se foram, enquanto corridas de kart, airsoft e até o balonismo estão na moda. As novas gerações procuram conhecer o mundo para curtir a vida, então mantêm a capacidade mental em constante evolução — o que acaba se manifestando, inclusive, na aparência.

Os jovens escolhem profissões distantes do trabalho físico pesado

Desde a escola, os jovens começam a pensar na sua futura profissão. E as atividades criativas (além das clássicas, como Medicina e Engenharia), estão em alta. Além disso, as novas gerações se preocupam mais com a saúde; por isso abrem mão do trabalho em condições prejudiciais. A cada ano, vêm surgindo mais empregos estáveis com salários altos e uma alta demanda nas áreas de TI, Marketing e Finanças, por exemplo.

Essas profissões exigem um constante trabalho e desenvolvimento mental, o que por sua vez, ajuda a manter o cérebro saudável e ativo. Como os cargos nessas áreas passam longe do trabalho físico pesado, afetam menos a saúde.

O grau de responsabilidade vem diminuindo

Apesar de dar importância à escolha certa da profissão e à promoção na carreira, os jovens se tornam independentes muito mais tarde. Enquanto os nossos pais e avôs cuidavam de si mesmos desde a adolescência, as novas gerações estão mais dependentes dos cuidados de suas famílias.

Isso vem ocorrendo porque os jovens de hoje muitas vezes seguem se comportando como adolescentes, mesmo depois de completar 20 anos. Eles tendem fazer apenas o que curtem e não se preocupam com as possíveis consequências. Assim, o jovem moderno frequentemente pede dinheiro aos seus pais e vive com eles na mesma casa, enquanto está procurando um emprego ou desenvolvendo o seu próprio negócio. Eles aproveitam a segurança financeira oferecida pela família, sendo menos propensos às preocupações e depressão causadas pelo alto grau de responsabilidade e problemas financeiros.

Você, leitor jovem, se identifica com as características descritas no post? E os pais? Enxergam essas diferenças entre as gerações? Queremos conhecer sua opinião!

Compartilhar este artigo