Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20 Cenas de filmes que marcaram um antes e um depois na história do cinema

O cinema é parte fundamental da vida de muita gente. Ele ensina sobre o amor, a amizade, a conquista e a derrota. Mas algumas cenas de filmes são tão especiais que ficam registradas em nossa memória por muito tempo. Elas marcam um antes e um depois na história do cinema porque trazem um cenário completamente inovador, uma interpretação simplesmente genial, uma trilha sonora maravilhosa ou simplesmente porque contam uma história com a qual todos nós nos identificamos.

O Incrível.club decidiu juntar algumas dessas cenas memoráveis. Confira agora mesmo e aproveite para rever esses grandes clássicos do cinema.

1. O foguete na lua em Viagem à Lua (1902)

O mundo do cinema deve muito a George Méliès. Em 1902 ele apresentou uma narrativa e efeitos especiais muito inovadores para a época e não apenas transformou o seu filme no primeiro sucesso mundial como no primeiro filme de ficção científica da história. A cena em que a cápsula, lançada por um canhão gigante, chega à lua para que o território seja explorado se transformou em uma das imagens mais clássicas do cinema.

2. A cenografia de Cantando na Chuva (1952)

Um homem apaixonado que se despede de seu grande amor com um beijo e fica tão feliz que não se importa com a chuva. Encharcado, ele canta “I´m singin’ in the rain, just singin’ in the rain” (Estou cantando na chuva, apenas cantando na chuva) e transforma a sequência musical em uma das mais emblemáticas do cinema. Uma cena que curiosamente não estava prevista no roteiro original.

3. A cena do espaguete em A Dama e o Vagabundo (1955)

A cena, uma marca registrada do filme, quase foi cortada por Walt Disney, que pensava que ela não era suficientemente romântica e ficaria bobinha demais. No entanto, o animador Frank Thomas discordou e decidiu ir em frente. Quando Walt Disney viu o resultado, ficou impressionado e decidiu mantê-la na versão final, para a sorte de todos nós.

4. A cena no chuveiro em Psicose (1960)

Na cena, a protagonista é atacada por um personagem misterioso enquanto toma banho. Esse é outro grande clássico do cinema. Alfred Hitchcock, diretor do filme, confessou ter ficado um pouco decepcionado no começo, mas quando viu a montagem final com a trilha sonora, percebeu que a cena era boa e decidiu mantê-la.

5. A cena inicial de O Poderoso Chefão (1972)

Don Vito Corleone, patriarca de uma família da máfia italiana, mostra todo o seu poder logo na primeira cena do filme, enquanto no jardim acontece o casamento de sua filha. Ele aparece sentado acariciando o seu gato quando um velho conhecido entra para pedir um favor. A cena foi fundamental para marcar a personalidade do personagem e o estilo de tudo que estava por acontecer nesse que é considerado um dos maiores filmes da história do cinema.

6. “Você está falando comigo?” em Taxi Driver — Motorista de Táxi (1976)

Na cena original em inglês o personagem Travis, interpretado de maneira impressionante pelo ator Robert De Niro, se olha no espelho e diz “You talkin’ to me?” (Você está falando comigo?), frase que ficou em décimo lugar na “Lista das melhores 100 frases de filmes de todos os tempos”, segundo o American Film Institute (Instituto Americano de Cinema).

7. Sandy e Danny em Grease — Nos Tempos da Brilhantina (1978)

Por ser um filme musical, Grease — Nos Tempos da Brilhantina tem muitas músicas e sequências de dança, mas uma das favoritas dos críticos e do público é “You’re the one that I want” (Você é quem eu quero), em que Sandy e Danny, interpretados por Olivia Newton-John e John Travolta, ficam juntos e comemoram dançando.

8. “Eu sou o seu pai” em Star Wars, Episódio V: O Império Contra-Ataca (1980)

drama de descobrir que o seu maior inimigo também é o seu pai foi a cereja do bolo nesse que é considerado também um dos maiores clássicos da história do cinema. Todos nós sentimos a mesma frustração que Luke Skywalker com essa frase que mudou o rumo da trama.

9. “Aqui está o Johnny!” em O Iluminado (1980)

adaptação cinematográfica do livro homônimo de Stephen King nos mostra como Jack Torrance perde a cabeça e ataca a esposa, fechada no banheiro, com um machado. É impossível não morrer de medo e de aflição com a interpretação impressionante do ator Jack Nicholson.

10. O voo de bicicleta em E.T.: O Extraterrestre (1982)

A ideia da história foi baseada em um amigo imaginário que o diretor Steven Spielberg criou após o divórcio de seus pais, em 1960. Um filme de ficção científica que fez muita gente sonhar com a possibilidade de ter um amigo de outro planeta com quem pudesse fugir em uma bicicleta voadora.

11. O discurso e a morte do replicante Roy em Blade Runner (1982)

Uma trama que se desenvolve em um futuro distópico e traz o enfrentamento entre humanos e replicantes (nome dado aos humanoides, humanos fabricados artificialmente e que estão mais próximos dos clones humanos do que os robôs). O momento mais impactante do filme é o discurso memorável do replicante Roy: “Vi coisas que vocês jamais poderiam imaginar (...) Todos esses momentos se perderão no tempo, assim como as lágrimas na chuva”.

12. O golpe da garça em Karatê Kid — A Hora da Verdade (1984)

No combate final contra Johnny Lawrence, Daniel Larusso está muito machucado e decide usar a técnica da garça (um chute frontal com salto) para atacar o seu oponente. É com esse golpe que Daniel se torna campeão, ganhando não apenas o respeito de seus inimigos como a admiração de seu mestre, o Sr. Miyagi.

13. A cena do vaso em Ghost — Do Outro Lado da Vida (1990)

Ninguém sabe o que acontece com o vaso de cerâmica que Demi Moore estava fazendo quando Patrick Swayze decide abraçá-la, mas o que sabemos é que a cena é uma das mais lembradas do filme e uma das mais sensuais da história do cinema. Claro que o momento não seria o mesmo sem a música “Unchained Melody”, interpretada pela dupla The Righteous Brothers.

14. A apresentação de Simba em O Rei Leão (1994)

filme tem cenas muito bonitas e emocionantes. Mas o momento mais marcante é quando Rafiki apresenta Simba aos outros animais do reino ao som de “O Ciclo Sem Fim”. Uma cena clássica da Disney que já foi parodiada em muitas ocasiões.

15. “Corra, Forrest, corra!” em Forrest Gump — O Contador de Histórias (1994)

É impossível não se emocionar com o momento em que o jovem Forrest descobre que é capaz de correr mais rápido do que qualquer um. Os aparelhos ortopédicos se soltam de suas pernas enquanto ele foge dos meninos que correm atrás dele, sem poder alcançá-lo. Esse momento é crucial na história e é a partir dele que tudo muda na vida de Forrest.

16. “Sou o rei do mundo!” em Titanic (1997)

Uma das cenas mais lembradas do filme traz Leonardo DiCaprio na proa do navio. É interessante porque ela funciona como uma espécie de contraponto à cena em que ele conhece Rose, na parte de trás do navio. James Cameron, diretor do filme, repetiu a frase do personagem, “Sou o rei do mundo!”, quando venceu o Oscar de Melhor Diretor.

17. “Eu vejo gente morta” em O Sexto Sentido (1999)

O que responder para uma criança que diz que vê gente morta? A cena em que o ator Haley Joel Osment fala essa frase deixou o mundo completamente surpreso. É a grande revelação desse clássico do suspense.

18. Quando Neo desvia das balas em Matrix (1999)

O filme Matrix deu ao mundo sequências de ação memoráveis que marcaram um antes e um depois no mundo dos efeitos visuais. Várias cenas apresentam o efeito bullet-time (ou “tempo-de-bala”), que consiste em congelar a ação enquanto a câmera continua se movendo. Uma das mais emblemáticas é quando Neo desvia das balas, inclinando o corpo para trás e formando um ângulo reto com as pernas.

19. O show de talentos em Meninas Malvadas (2004)

A cena mais marcante do filme é a do show de talentos. A inocente Cady (interpretada por Lindsay Lohan) se junta ao grupo conhecido como As Poderosas para apresentar uma coreografia com o tema “Jingle Bell Rock”. A cena é registrada em vídeo pela orgulhosa mãe de Regina George (interpretada por Rachel McAdams) e quando tudo parece que vai dar errado, Cady decide improvisar e salva a festa.

20. A declaração de Darcy em Orgulho e Preconceito (2005)

“Eu te amo”

“Senhorita Elizabeth, venho lutando em vão e não mais posso suportar, esses meses passados têm sido um tormento”. É assim que começa a declaração romântica sob a chuva do Sr. Darcy para Elizabeth na adaptação cinematográfica de Orgulho e Preconceito, história escrita por Jane Austen.

Qual é a cena de filme que mais marcou a sua vida? Por que ela é tão especial para você? Conte nos comentários.

Compartilhar este artigo