Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

19 Truques da natureza que dão arrepios

Devemos admitir que o Universo é um bom criador de truques. Fenômenos naturais como chuvas, tempestades e maremotos e até mesmo o crescimento de determinadas espécies de animais e plantas, além de perigosos, costumam ter uma grande beleza e detalhes incríveis. É o que mostraremos a seguir.

19. Aurora austral na Austrália, observada de uma caverna. A entrada da caverna repete o contorno do Continente

A quantidade de oxigênio e nitrogênio muda a cor da aurora australiana de amarelo esverdeado para lilás avermelhado, preenchendo todo o céu com um arco-íris como visto na Escócia. Recentemente, as luzes polares foram descobertas nos polos de outros planetas: Marte, Saturno e Júpiter.

18. Existe um arco-íris lunar. Em suas extremidades há algo maior do que potes de ouro

Esse tipo de arco-íris aparece durante as Luas cheias e perto de diferentes cachoeiras. Para muitas culturas, a pessoa que via um arco-íris lunar poderia entender o idioma dos espíritos e atrair a sorte.

17. Poço de lava que parece levar as almas dos condenados ao submundo

Abaixo desse poço há um canal. À medida que esfria, fica parecido com um túnel.

16. Uma luz verde ao amanhecer, que abre um portal entre o mundo dos vivos e dos mortos

É a mesma luz mencionada em Piratas do Caribe: No Fim do Mundo, que o senhor Gibbs e os personagens de Júlio Verne perseguiam. Esse fenômeno é muito raro e somente dura 2 segundos: a cor pode variar de verde a azul ou vermelho.

15. Uma opala de 20 mil dólares que parece uma micro galáxia

Não é a opala mais cara do mundo, mas com certeza é a pedra mais bonita. Há muito tempo, as opalas eram consideradas tão valiosas quanto os diamantes, mas, no século XIX a pedra protagonizou vários romances tristes, tornando-se um símbolo de fracasso e sua popularidade diminuiu notavelmente.

14. Praias onde você pode nadar em um mar de estrelas

Graças às ondas e a uma espécie especial de plâncton, parece haver milhares de estrelas nadando na água. As condições necessárias para isso são uma noite com Lua visível, poucas nuvens e sua presença em uma dessas praias (no caso, nas Maldivas, no Pacífico). Parece que o céu e o mar se fundem em um só.

13. Relâmpagos vulcânicos que os cientistas perseguem há séculos

Eles são conhecidos como "relâmpagos sujos" e ocorrem muito raramente, durante fortes explosões vulcânicas. Esses relâmpagos são compostos por partículas de cinzas e vapor vulcânico e muitas vezes prenunciam uma grave catástrofe.

12. Luz do Zodíaco que rendeu um doutorado ao guitarrista do Queen

Essa beleza é baseada em poeira comum e pouca luz solar, mas o fenômeno tem perturbado as mentes dos cientistas há centenas de anos. Bryan May, guitarrista do Queen e astrofísico (ele tem cara de cientista, não tem?), defendeu sua tese de doutorado sobre o tema recentemente.

11. Um Sol falso ou uma Lua falsa?

A luz do Sol e os cristais de gelo enganam os nossos olhos, criando a ilusão de uma mancha brilhante no céu. Às vezes, pensam que mancha é o Sol, a Lua ou mesmo um OVNI. Este fenômeno foi descrito pelo escritor William Shakespeare em Henrique VI . Na antiguidade, o aparecimento de vários sóis era considerado um presságio de algo terrível.

10. Cogumelos que se parecem com ovos de alienígenas

Os Clathrus archeri ou "os dedos do diabo" são fungos estranhos que crescem entre os musgos e os líquens. Sua cara de mal é inconfundível.

9. Pilares de luz divina que caem do céu

Aqui também participam os cristais de gelo que refratam a luz, criando uma ilusão de um enorme pilar saindo do céu. Se houver muitos pilares, a formação é chamada de "floresta de luz".

8. O diabo num tornado de fogo

Costumava-se acreditar que os gênios e os demônios saíam do inferno e entravam no mundo dos humanos na forma dos tornados de fogo. Puderaa: a temperatura em seu interior pode alcançar 2.000°C. Este foi fotografado na Australia.

7. Nuvens de mammatus que se parecem com um desfile de discos voadores

Estas nuvens aparecem de vez em quando e imediatamente nos movem para um mundo fantástico. Sempre estão completamente imóveis, mesmo nos dias mais ventosos.

6. Raio globular

Até hoje não existe uma teoria contundente que explique sua procedência. Mas na Internet aparecem cada vez mais e mais vídeos que mostram raios comuns que se comportam de forma estranha. Eles se tornam esferas e explodem. O físico sérvio-americano Nikola Tesla, um dos mais famosos da história, mostrou que era possível produzi-los artificialmente.

5. Fata Morgana ou a lenda do holandês voador

Segundo uma lenda, havia um navio pirata fantasma chamado Holandês Voador, condenado a vagar até o final dos tempos pelos mares. Ele já teria sido visto por diversos marinheiros ao longo dos séculos, mas a história tem uma explicação bem menos tenebrosa. Trata-se do fenômeno da fata morgana, uma inversão térmica caracterizada pela alternância das camadas de ar de densidades diferentes.

4. Eclipses solares

Alguns acreditam que os eclipes solares (quando a lua fica entre a Terra e o Sol) um fenômeno raro e, por isso, bastante místico. Mas os dados mostram que ocorrem várias vezes ao ano. A importância e magia dos eclipses ao longo da história é tão grande que eles ajudam a determinar a idade de muitos documentos e achados históricos.

3. Um arco-íris de fogo ou nuvens peroladas?

Este fenômeno óptico raro é baseado em cristais de gelo, nuvens de cirrus e num brilhante, que, com a luz, parece inflamar as nuvens e fazê-las parecer chamas de fogo. Às vezes, esse arco-íris pode ser confundido com as nuvens peroladas.

2. Árvore que se queima por dentro

Não é magia, apenas um raio que atingiu uma árvore. Como resultado, a árvore pode queimar durante dias inteiros e depois explodir literalmente por dentro.

1. Gênios de mares e oceanos

Quando uma nuvem de tempestade chega à superfície da água e começa a sugá-la para cima, é produzido um tornado de água, sugando peixes e animais marinhos. Essa nuvem pode transportar o líquido em longas distâncias, antes de se transformar numa chuva torrencial que cai junto com tudo que havia sugado.

Mas às vezes nem mesmo os cientistas conseguem explicar o que está acontecendo com a natureza...

Bônus

Diz-se que a proporção áurea, bastante mencionada na obra O Código da Vinci, está em toda parte. E como podemos debater sobre isso quando a África, considerada o berço da humanidade, também parece estar na proporção áurea? E isso sem mencionar as numerosas galáxias que existem no espaço. É prova suficiente de que a natureza é a melhor criadora!