Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15 Problemas que todos os turistas enfrentam em Roma (mas não falam)

Em Roma, todos os turistas encontram as aconchegantes ruas de paralelepípedos e os templos majestosos, mergulhando nos segredos e lendas da história antiga. A cidade é visitada anualmente por muitos viajantes (7,4 milhões de pessoas foram ao Coliseu, apenas em 2018). Mas toda moeda tem duas faces. A capital da Itália tem outro lado bastante desagradável, que muitos turistas e os moradores da cidade têm que “contemplar” todos os dias.

Incrível.club se pergunta se a vida na Cidade Eterna é fácil e confortável. E conseguiu descobrir algumas coisas bem inesperadas.

1. Os trapaceiros locais encontraram muitas maneiras de fazer os turistas abrirem mais suas carteiras

A qualquer momento você pode encontrar um homem sorridente vestido como um gladiador que se oferecerá para tirar uma foto ao seu lado. Você descobrirá o custo deste serviço somente no final, se tirar a foto, e provavelmente será uma surpresa desagradável.

Além disso, a cidade está cheia de estranhos amigáveis ​​que lhe oferecerão informações sobre atrações locais ou o ajudarão a comprar um bilhete na estação. Depois de prestar qualquer um desses favores, o “voluntário” imediatamente apaga o sorriso do rosto e começa a cobrar um pagamento do turista.

2. Os restaurantes têm seus horários e supermercados fecham excepcionalmente cedo

Não tente almoçar em um restaurante entre 16h00 e 17h00, ignorando o horário local de refeições. Neste horário, apenas os estabelecimentos turísticos estão abertos e os tradicionais restaurantes romanos fecham suas portas para os visitantes. É melhor almoçar no intervalo entre 12h00 e 15h00 e jantar depois das 19h00.

O mesmo se aplica aos supermercados: todas as compras devem ser feitas até 20h00, depois desse horário as lojas fecham suas portas até a manhã seguinte.

3. Os locais de interesse mais emblemáticos estão repletos de turistas

De acordo com os viajantes experientes, todos os turistas são divididos em dois grupos. Metade dos visitantes vai ver o Coliseu e a outra, o Vaticano. Como resultado, as principais atrações da cidade estão cheias de pessoas. Mas os museus menos conhecidos, com exposições únicas, estão quase vazios. Entre eles estão os Museus Capitolinos, a Galeria Doria-Pamphili e o Palácio Altemps.

4. As ruínas históricas frequentemente são usadas como banheiro público

Muitos locais já perderam o fascínio sagrado inspirado na história da cidade. Portanto, em Roma não é difícil encontrar banheiros públicos improvisados ​​nos lugares mais inesperados. Por exemplo, bem no meio de ruínas. Portanto, tenha cuidado se você decidir explorar alguns escombros pitorescos.

5. As ruas estão cheias de migrantes de países africanos, moradores de rua, ciganos e falsos mendigos

Em quase toda esquina você pode encontrar alguém pedindo dinheiro. Alguns desses pedintes fingem ser turistas que foram roubados e pedem alguns euros para chegar ao hotel, enquanto outros se vestem como mendigos.

É comum os visitantes de Roma se queixarem de ciganos e paquistaneses. Os últimos se viram “um pouco” com o comércio de rua: eles podem facilmente colocar as mercadorias nos pés dos pedestres.

6. Os motoristas estacionam seus carros onde der

Os romanos realmente não se importam com as regras de estacionamento. O carro pode ser estacionado, literalmente, a um centímetro da parede ou do poste. Portanto, muitos veículos são bastante riscados.

Além disso, os motoristas locais não se importam que os pedestres mal possam passar entre os carros estacionados. Não se surpreenda se você vir alguma rua histórica completamente cheia de automóveis.

7. O estado dos banheiros públicos deixa muito a desejar

As áreas comuns em muitos hotéis, museus e até mesmo restaurantes romanos não o deixam com vontade de visitá-los novamente. É provável que a cabine do banheiro público não tenha papel, o assento esteja quebrado e até mesmo um turista experiente não consiga achar botão de descarga. Um extra desagradável: paredes sujas e poças suspeitas no chão.

8. Paredes antigas pintadas com grafite de baixa qualidade

Para este tipo de arte, os romanos correm o risco de receber uma multa alta. Mas parece que eles não se importam muito. Qualquer adolescente pode pegar uma lata de tinta e deixar uma pintura ou uma inscrição na parede. A qualidade de tais trabalhos amadores, em geral, deixa muito a desejar, e os próprios artistas arruínam o aspecto histórico da principal cidade italiana.

9. O metrô está sujo e as escadas rolantes estão sempre quebradas

Os cidadãos se queixam da sujeira no metrô, dos armários inoperantes e das escadas rolantes quebradas que já se tornaram algo comum. Para entrar no metrô, os romanos e os visitantes da cidade muitas vezes têm que passar pelas filas dos vendedores ambulantes.

10. O clima tem surpresas desagradáveis

Em Roma não há inverno climático (isto é, o período em que a temperatura média diária é constantemente inferior a 0 °C). Durante os meses de inverno, a temperatura geralmente se mantém entre 5 e 10 °C.

Devido à alta umidade, mesmo alguns graus abaixo de zero são sentidos como se estivesse muito mais frio. Além disso, quase sempre venta (o normal é até 10 km/h). Mas a neve foi registrada poucas vezes. Em 26 de fevereiro de 2018, Roma acordou sob um véu branco: palmeiras, laranjeiras, ruínas, amendoeiras e magnólias estavam sob uma camada de neve. Por esse motivo, as aulas foram suspensas nas escolas da cidade.

11. As máquinas de venda automática de bilhetes nem sempre são fáceis ​​de usar

O enredo desta foto é descrito pelos romanos como a luta típica dos turistas com monitores de máquinas de venda na rua. Para comprar um bilhete do transporte público, muitas vezes é necessário literalmente colocar o nariz na tela.

12. É difícil comprar verduras, legumes e frutas fora da época

Se você decidiu visitar o mercado local, escolha legumes e frutas com as próprias mãos. Caso contrário, corre o risco de ter alimentos vencidos ou em más condições. Além disso, os romanos estão preocupados com a sazonalidade. Claro, a ervilha ou o espinafre podem ser obtidos fora de época, mas os vendedores farão cara de surpresa e desprezo: “Como pode comer isso? Você não sabe de nada!”

13. Em muitos lugares, os turistas devem ter cuidado com batedores de carteira

As ruas centrais de Roma são relativamente seguras, mas não é aconselhável que os turistas andem sozinhos na periferia da cidade.

Francamente, não se deve relaxar no centro, pois gangues de batedores de carteira operam em todos os lugares, cujo principal objetivo são os turistas. O dinheiro do bolso ou da bolsa pode ser tirado durante um passeio, no metrô ou até mesmo em uma rua movimentada. Entre os batedores de carteira, as técnicas de desorientação são muito populares: enquanto um dos golpistas lhe convence a comprar flores ou lembrancinhas, um segundo rouba a carteira.

14. Os serviços públicos não têm pressa em recolher o lixo

A cidade eterna sofre uma crise de lixo. Nas áreas residenciais e nos arredores da cidade, pilhas de lixo se acumulam. As lixeiras estão cheias e os ativistas locais estão alertando há algum tempo sobre o problema.

15. O transporte público está constantemente lotado

Os ônibus públicos de Roma estão frequentemente lotados. O fato é que o transporte público na cidade às vezes não cumpre o cronograma. O que acontece tanto por descuido dos motoristas quanto por motivos mais sérios. As ruas muitas vezes estão bloqueadas por ônibus turísticos ou por carros.

Mas temos que admitir: apesar de todas as imperfeições, Roma é uma cidade inegavelmente linda!

As atrações da Cidade Eterna superam completamente todas as suas imperfeições.

Passear por Roma é o sonho de quase qualquer turista. Muitas pessoas gostariam de tocar as pedras do antigo Fórum, visitar o famoso Vaticano, ver os afrescos de Michelangelo, sentar nos cafés onde servem a autêntica pizza italiana.

Todos se apaixonam por Roma e voltam para esta cidade outras vezes. Muitos acreditam sinceramente que todas essas imperfeições dão um toque único à cidade. Você notaria os comerciantes irritantes ou os ônibus atrasados, onde cada beco respira história antiga?

Você já esteve em Roma? Quais as suas impressões sobre esta cidade?

Imagem de capa benvenutolimos