Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15 Expressões portuguesas que os brasileiros poderiam adotar para ontem

Mesmo que Brasil e Portugal falem a mesma língua, diversos aspectos da cultura diferenciam os dois países. Por isso, não é de se estranhar que algumas expressões portuguesas deixem os brasileiros bem confusos. Você já ouviu uma pessoa falar para a outra “vai dar banho ao cão”? E se a gente disser que a expressão tem o mesmo sentido de “vai ver se eu estou na esquina”? Ficou mais fácil, não?

Incrível.club está aqui para descomplicar e desvendar o significado de 15 expressões portuguesas tão divertidas que os brasileiros poderiam adotar para ontem. Confira!

15. “Ficar em águas de bacalhau”

A frase “ficar em águas de bacalhau” é uma forma de dizer que algo empacou, “não foi adiante”. Por exemplo, uma pessoa diz que vai fazer uma proposta para comprar um apartamento. Mas acaba não fazendo... ou seja, o negócio “ficou em águas de bacalhau”.

14. “Zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades”

Não parece que algumas verdades só vêm à tona quando há uma desavença entre pessoas próximas? Pois é exatamente isso que a expressão portuguesa “zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades” quer dizer.

13. “Não podes ter sol na eira e chuva no nabal”

Acreditamos que a imagem pode ilustrar melhor essa expressão portuguesa. “Não podes ter sol na eira e chuva no nabal” é o mesmo que dizer “você não pode querer que esteja sol no local onde se secam cereais e chuva na plantação”. Ou seja: “você não pode ter tudo”.

12. “Como um burro a olhar para um palácio”

A expressão “como um burro a olhar para um palácio” costuma ser usada para uma pessoa que ficou estupefata ao admirar algo, sem saber do que realmente se trata. Algo como sem saber o que fazer ou como reagir.

11. “Partir o coco a rir”

Quando brasileiros acham bastante graça de uma situação, costumam dizer que a barriga ficou doendo de tanto rir. Os portugueses têm uma expressão ótima para isso: “partir o coco”. Por exemplo, “ontem vimos um filme de comédia que é de partir o coco a rir”.

10. “Banha de cobra”

Em Portugal, um produto que não passa de uma propaganda enganosa é uma “banha de cobra”. A expressão é usada para mercadorias inúteis, que são vendidas como milagrosas e poderosas. E é por isso que “vendedor de banha de cobra” se refere a um charlatão ou a um mentiroso.

9. “São muitos anos a virar frangos”

A expressão portuguesa “são muitos anos a virar frangos” é usada para pessoas que têm bastante experiência em uma área ou são “experts” em determinado assunto. Ou seja, significaria algo como “são muitos anos de experiência”.

8. “Feito ao bife”

Quando um português diz que está “feito ao bife” significa que ele está com problemas, enfrentando uma situação complicada. Seria o mesmo que dizer “estou em apuros”.

7. “Vai dar banho ao cão”

A frase “vai dar banho ao cão” é dita quando uma pessoa quer que a outra pare de chateá-la e que desapareça da frente. É quase um “vai ver se eu estou na esquina”, dito aqui pelos brasileiros.

6. “Leva lá a bicicleta”

Essa expressão é perfeita para quem não gosta de debater determinados temas. Sabe quando você está no meio de uma discussão em que nenhuma das pessoas quer abrir mão dos próprios argumentos e sente que não vale mais a pena insistir no assunto? Em Portugal, basta dizer “leva lá a bicicleta” que a conversa calorosa acaba bem rapidinho.

5. “Aguentar nas canetas”

Às vezes, o cansaço é tão grande que parece impossível se levantar, não é? Em Portugal, a expressão “aguentar-se nas canetas” faz referência a pessoas que estão tão cansadas ou doentes que têm dificuldade de permanecer de pé. Por exemplo: “No final da maratona, ele já não se aguentava nas canetas”.

4. “À vontade, mas não à vontadinha”

Sabe quando os brasileiros dizem “você dá a mão e já querem o braço”? Essa expressão é falada em Portugal da mesma forma, mas os portugueses também gostam de descrever pessoas “folgadas” com a expressão “à vontade, mas não à vontadinha”.

Enquanto a primeira frase se refere a uma pessoa que se aproveita de alguém que a ajudou, a segunda serve mais para uma pessoa que não tem modos.

3. “Ter lata”

Caso você ouça a frase “esta gaja tem cá uma lata” em Portugal e não entenda nada, relaxe. Deixe que a gente traduz para você para o português brasileiro: “essa menina tem uma cara de pau...”

Ou seja, a expressão “ter uma lata” se refere a alguém atrevido, que não tem qualquer vergonha e carrega sempre uma pontinha de cinismo.

2. “Falinhas mansas”

Sabe quando uma pessoa chega de mansinho, com uma voz bem suave, supercarinhosa e você sente que ela quer alguma coisa? Ou seja, a fala manhosa tem algum objetivo por trás. Nesses casos, os portugueses costumam dizer que a pessoa tem “falinhas mansas”.

Essa expressão também é usada em alguns locais do Brasil, mas acreditamos que é tão maravilhosa que poderia ser mais usada por aqui!

1. “Andar às aranhas”

Quando você tem um problema, mas não consegue resolvê-lo ou está meio desnorteado, os portugueses usam a expressão “andar às aranhas”. Como, por exemplo, “eu andei às aranhas para resolver o quebra-cabeça”. Vá... é divertido!

Lembrou de mais alguma expressão portuguesa que ficou de fora da nossa lista? Conte ao Incrível.club nos comentários e nos diga qual expressão você usaria no seu cotidiano.