Incrível
Incrível

14 Fotos capazes de virar nossa realidade de cabeça para baixo

Quando olhamos para uma imagem, nosso cérebro — não nossos olhos — é o juiz final da “verdade”. Os cientistas acreditam que a massa encefálica leve menos de 13 milissegundos para processar uma imagem. Não queremos que você queime os seus miolos, mas demoramos um pouco mais de tempo para decifrar a seguinte coleção de fotos incomuns e, agora, queremos saber se alguma delas também lhe pareceu desafiadora.

O Incrível.club acredita que olhar para uma imagem complicada por dia pode ampliar nossos horizontes, e tentar responder a perguntas como “O que é isto?” só vai impulsionar a nossa criatividade. Assim, aqui estão 15 fotos capazes de fazer exatamente isso.

1. Quantos gatos você consegue ver aqui?

2. “Minha esposa e eu ficamos muito felizes com a compra do nosso novo tapete. Infelizmente, porém, nosso cachorro fugiu no mesmo dia”

3. “Estávamos fazendo uma foto panorâmica até que uma vaca decidiu se mexer”

4. “Rosto impresso ou em relevo na neve?”

5. “Apenas uma perna está pendurada”

6. “Meu peitoril da janela, ao nascer do sol, reflete perfeitamente as casas, na parede atrás de mim. A imagem naturalmente está de cabeça para baixo”

7. “Vi isto justamente quando um caminhão estacionou atrás de mim”

8. “Dois gatos líquidos”

9. “Meu celular falhou enquanto eu registrava este panorama e agora parece uma cena de A origem

10. “A ferrugem deste portão parece uma pintura”

11. “A neblina sobre Los Angeles faz parecer uma simulação de que algo não está carregando”

12. “Localizei isto da minha janela”

13. “Uma falha na Matrix”

14. “Resultado de um corte de cabelo que durou quatro horas”

Se você pudesse presentear um de seus amigos com um corte de cabelo como o da última imagem, quem escolheria? Se pudesse comprar o automóvel dos seus sonhos, sob a condição de precisar cortar o cabelo assim, qual cor de carro escolheria? Deixe-nos saber nos comentários!

Imagem de capa rgeyedoc / Reddit
Incrível/Curiosidades/14 Fotos capazes de virar nossa realidade de cabeça para baixo
Compartilhar este artigo