10 Particularidades do Nordeste brasileiro que não deixam a região para trás de nenhum lugar estrangeiro

Praias paradisíacas? Diversidade musical? Cactos e sol forte? Além disso tudo estar presente no Nordeste, a região brasileira possui uma infinidade de características únicas recheadas de cultura, gírias interessantes, muita história e cenários de tirar o fôlego. Mas esse mesmo local também possui curiosidades que não existem em quase nenhuma outra parte do mundo, como o maior cânion navegável do planeta, “Marte” no sertão nordestino ou, até mesmo, um fenômeno raro que acontece no Maranhão e no Piauí.

Por isso, o Incrível.club selecionou as melhores curiosidades sobre o Nordeste que são de cair o queixo e dignas de encher o coração de qualquer brasileiro de orgulho. Confira!

1. Lençóis Maranhenses foram cenário em dois filmes da Marvel

Devido à sua beleza e características únicas, o Parque Nacional Lençóis Maranhenses foi utilizado como cenário em Vingadores: Guerra InfinitaVingadores: Ultimato. Os Lençóis foram usados para a criação de Vormir, planeta onde se encontrava a joia da alma. “O time artístico do filme estava em busca de uma paisagem especial e fora do comum, como é o caso de Lençóis, com suas dunas e lagoas de água cristalina”, contou o produtor executivo da Brazil Production Services (BPS), Thiago da Costa.

Outro cenário realista que ganhou destaque é a Torre dos Vingadores, que na verdade é o MetLife Building, localizado em Nova York, Estados Unidos. O edifício é considerado um dos arranha-céus mais altos do mundo, com 246 metros.

2. Praia em Fernando de Noronha é uma das mais bonitas do mundo

Ah, Fernando de Noronha... a combinação entre a água azul do mar, a areia branca, a área preservada e o cenário paradisíaco é de encantar os olhos de qualquer um. Não é à toa que a Baía do Sancho foi eleita pelo Traveller’s Choice Awards, premiação organizada pelo Tripadvisor, como a terceira praia mais linda do mundo em 2021. Nos últimos cinco anos consecutivos, a praia pernambucana liderou o ranking em primeiro lugar.

O local que recebeu o prêmio de melhor praia no ano de 2021 foi a Whitehaven Beach, localizada na Austrália. Embora distantes, no quesito beleza, até que são bastante parecidas, não acha?

3. João Pessoa é o lugar que amanhece primeiro nas Américas

O sol nasce para todos, mas é na Paraíba, especificamente na Ponta de Seixas, em João Pessoa, que ele surge primeiro nas Américas com seus raios luminosos. Quem diria que é na cidade paraibana que o sol dá bom dia antes do restante do continente, não é?

Apesar do título que nos enche de orgulho, é na Ilha Caroline, também conhecida como Atol Caroline, localizada no Oceano Pacífico, que o sol amanhece primeiro na Terra. O Atol está localizado cerca de 1.500 km ao sul do Havaí e por ser praticamente intocada é considerada uma das ilhas tropicais mais puras do mundo.

4. Sertão do Piauí, a Capadócia brasileira

Sem dúvidas, o sertão do Piauí possui paisagens de tirar o fôlego. Suas formações rochosas com tons avermelhados e amarronzados criam um ambiente que se assemelha à Capadócia, região semiárida da Turquia. Portanto, se você sonha em conhecer esse local especial do outro lado do planeta, talvez possa ter um “gostinho” todo especial aqui mesmo no Brasil. Aliás, são bem semelhantes, concorda?

5. O Nordeste abriga dois Centros de Lançamentos Espaciais, sendo que um deles é o principal do Hemisfério Sul

Por essa provavelmente você não esperava, não é mesmo? No Nordeste estão localizados dois espaçoportos que são gerenciados pelo Comando da Aeronáutica, sendo que um deles é o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), localizado no Maranhão; e outro é o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), no Rio Grande do Norte. Com uma das maiores pistas de pouso do país, o CLA possui uma localização extremamente privilegiada. Uma das melhores do mundo, tanto pela proximidade com a Linha do Equador, como pelas características de sua localização geográfica.

Outro espaçoporto que também se destaca por suas características geográficas é o Centro Espacial de Kourou, localizado na Guiana Francesa, só que é francês e pertence à Agência Espacial Europeia (ESA). E não é à toa que sua base de lançamento está localizada na América do Sul e não na Europa.

6. Projeto simula “Marte” na caatinga nordestina

Júlio Rezende, professor do Departamento de Engenharia de Produção da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), é o criador do “Habitat Marte”. O projeto, que é apoiado pela Agência Espacial Brasileira (AEB), tem o objetivo de simular Marte no sertão nordestino, especificamente na zona rural da cidade de Caiçara do Rio do Vento (RN). O cientista espera tornar o local um núcleo de pesquisas adequado para desenvolver conhecimentos para serem usados no planeta vermelho, até mesmo em sua colonização.

Além disso, as pesquisas também são elaboradas no solo do vulcão extinto Pico do Cabugi, no estado potiguar, pelo fato das formações vulcânicas possuírem alta predominância de basalto, característica similar ao solo marciano. Embora outros países estejam alcançando o planeta vermelho, somos nós que o temos “em casa”. Literalmente, esse projeto é de outro mundo.

7. As rochas mais antigas do Brasil e da América do Sul estão no Rio Grande do Norte

As rochas mais antigas do Brasil, e também da América do Sul, estão localizadas na região de Serra Caiada, no Rio Grande do Norte, a 100 km de Natal. As pedras são tonalitos gnaisses que foram datadas com 3,5 bilhões de anos, nos estágios iniciais da evolução do planeta Terra, período Arqueano.

Entretanto, a rocha intacta mais antiga da Terra pode ter sido encontrada na Lua. Um estudo divulgado na Earth and Planetary Science Letters declara que uma das rochas recolhidas pelos astronautas da Apollo 14, em 1971, possui um fragmento da antiga crosta terrestre, com mais de 4.011 bilhões de anos. Impressionante, não é?

8. Alagoas e Sergipe abrigam o maior cânion navegável do mundo

Apesar de ser considerado um dos mais belos do mundo e o mais famoso, esqueça o Grand Canyon. Afinal, o Brasil também possui cânions incrivelmente belos, sendo que um deles se destaca por ser o quinto maior do mundo e o mais navegável, o Cânion Xingó. Além de ser a atração principal de Sergipe, também é a de Alagoas. O cânion é formado por rochas areníticas que são tão lindas que parecem uma obra de arte talhada à mão.

9. O terceiro maior delta oceânico do mundo, fenômeno raro da natureza, está localizado no Piauí e no Maranhão

Delta da Parnaíba, localizado no Piauí e no Maranhão, é considerado o terceiro maior delta oceânico do mundo. A configuração do fenômeno raro se assemelha a uma mão aberta, em que os dedos representam os principais afluentes do Parnaíba e envolvem 73 ilhas fluviais, que se ramificam e formam um belíssimo e grandioso santuário ecológico. O delta nordestino é formado por rios, fauna, flora, dunas de areias, mangues e ilhotas. O Parnaíba simplesmente cria um dos cenários mais belos do mundo e inclui até os Lençóis Maranhenses em sua configuração. Incrível, não? Ah, esse Nordeste... ele enche nosso coraçãozinho de orgulho!

Além do nosso delta, esse fenômeno raro da natureza também ocorre no Rio Mekong, no Vietnã e no Rio Nilo, que se ramifica em diversos braços para desaguar no mar Mediterrâneo, no norte do Egito.

10. O Brasil é o sétimo maior produtor de cacau do mundo e é graças ao Pará e à Bahia

Ah, o chocolate... ao leite, meio amargo, branco, frutado, com nozes ou até com pimenta, uma iguaria que derrete em nossas bocas e também nossos corações. Mas não podemos esquecer que sua criação é devido ao famoso cacau. No Brasil, a maior área de plantio da fruta está localizada na Bahia, em 440 mil hectares, enquanto o maior produtor do país é o Pará, com 144,2 toneladas em uma área de 149,7 mil hectares. Além disso, a produção baiana é de 106 mil toneladas e com a paraense somam 93% da produção nacional, ou seja, chocolate “pra caramba”.

Dessa forma, o Brasil é considerado o sétimo maior produtor de cacau do mundo, enquanto a Costa do Marfim, país localizado no continente africano, lidera o ranking em primeiro lugar com 2,2 toneladas de amêndoas de cacau. Uma preciosidade em ambas as nações, não é mesmo?

Qual das curiosidades acima te surpreendeu mais? Você conhece algum outro fato sobre o Nordeste de tirar o fôlego? Conte para a nossa equipe nos comentários.

Compartilhar este artigo