Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Mitos populares que já é hora de esquecer

----
10k

Alguns números estão firmemente afixados às nossas cabeças como se fossem verdades indiscutíveis. Por exemplo, a regra das bactérias e os 5 segundos. Mas com a idade deixamos de acreditar nelas e questionamos algumas informações.

O Incrivel.club te dará alguns exemplo de dados "estatísticos" que na verdade não coincidem com a verdade. E no final do artigo nós preparamos um bônus com alguns mitos populares que até hoje a maioria das pessoas acredita.

10. No passado as pessoas não viviam mais de 30 anos

Na pré-história, a esperança de vida, em média, era de 30 anos, mas isso não significava que todas as pessoas morriam nessa idade. Aqui, valia um fenômeno bem conhecido dos demógrafos: a mortalidade infantil era muito alta. Mas, se a pessoa passasse essa barreira e chegasse aos 30 anos, a probabilidade de que chegasse aos 50, 60, era alta.

9. O ser humano é capaz de engolir aranhas enquanto dorme. E sem perceber

Esta história meio sem pé nem cabeça se tronou uma espécie de lenda urbana depois que uma aranha foi encontrada na garganta de uma chinesa uma aranha que estava vivendo lá havia cinco dias. Outra história relatada no caso de uma britânica encontrou uma aranha vivendo em se ouvido. Para tranquilizar as pessoas, o site Snope, especializado em acabar com lendas urbanas resolveu investigar e falar com especialistas. Em primeiro lugar, se a pessoa está dormindo com a boca aberta, provavelmente estará roncando ou fazendo algum barulho, o que afugentará os aracnídeos. Segundo, se o bicho, de fato, resolver entrar, a pessoa irá acordar imediatamente.

8. Um raio não cai duas vezes no mesmo lugar

Ao contrário da crença popular, um raio pode sim, cair duas vezes no mesmo lugar. Além disso, de acordo com o resultado de algumas pesquisas, tal fenômeno não é nada raro.

7. É preciso tomar 8 copos de água por dia

Se você tenta tomar água suficiente mas o oitavo copo é bebido com esforço, deixe-o, o seu organismo já está satisfeito. Este número não é universal, o mais importante é saciar a sede a seu tempo. As pesquisas demonstram que o nosso cérebro faz com que seja mais difícil consumir água quando o nosso organismo se encontra mais satisfeito. Este vídeo mostra com bastante clareza que o próprio corpo emite sinais de que precisa de água e isso, no final das contas, é o mais importante.

6. Depois de comer você precisa esperar 30 minutos para ir nadar

Respeitamos muito a sua vó que contou essa história quando você era pequeno, mas temos de esclarecer que não é verdade. Se, depois de comer, você resolver nadar, o máximo que terá é um leve desconforto e, talvez náuseas. Mas não irá morrer.

5. 1 ano canino equivale a 7 anos humanos

Se você quiser converter a idade do seu cachorro para anos humanos, não vale a pena confiar na proporção 7:1. Na verdade tudo dependerá da raça e do tamanho de seu mascote. O mito surgiu em 1960, quando foi feita uma simulação na TV americana sem muita base científica.

Você pode calcular a idade do seu bichinho de estimação com este artigo aqui.

4. As moscas vivem apenas 24 horas

Os exemplares adultos das moscas domésticas não vivem menos de 24 horas, e sim entre 2 e 4 semanas. Além disso elas podem sobreviver dormindo durante todo o inverno.

3. A língua tem 4 zonas gustativas.

Na verdade, os sabores são sentidos em todas as zonas a língua, mas a versão sobre a 4 áreas apareceu como resultado de uma tradução errada de um artigo científico alemão do pesquisador David Hanig.

2. A memória dos peixes dourados dura 3 segundos

Na realidade, a memória dos peixes dourados (também conhecidos como kinguios) não se limita a três segundos. Pesquisas de cientistas israelenses demonstram que os peixes condicionados durante um mês a receber o alimento após escutar um som especial, ainda se 'lembram' desse sinal e do que ele significa 5 meses após soltos na natureza.

1. O ser humano tem 5 sentidos

O ser humano tem mais de cinco sentidos. Alguns cientistas afirmam que esse número pode chegar até 21, em particular por exemplo: o equilíbrio, a dor, tempertura e a sensação do seu corpo no espaço.

Bônus. Os touros reagem aos tecidos e não à cor vermelha.

Os touros não diferenciam as cores. Ficam bravos por causa do tecido. Duvida? Faça o teste você mesmo!

Imagem de capa Depositphotos
----
10k