Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 legumes tão estranhos que parecem coisa de outro mundo

Todos os dias, consumimos frutas, verduras, legumes e raízes 'normais'. O tomate, meio ovalado e vermelhinho. A laranja, bem arredondada. E por aí vai. Mas experimente ir a uma feira em outro país (ao Japão, por exemplo), para encontrar coisas muito, muito estranhas. Pelo menos para os nossos padrões. Mas que tal conhecer e experimentar essas iguarias?

O Incrível.club decidiu realizar uma pesquisa para descobrir os legumes mais incomuns e surpreendentes cultivados em diferentes partes do mundo.

10. Milho multicolorido

Estas espigas com grãos coloridos foram criadas pelo produtor norte-americano Carl Barne, que as batizou de Glass Gem. Durante o cozimento, os grãos não perdem a coloração, mas continuam duros, fazendo com que a tarefa de comê-los cozidos torne-se uma missão impossível. Este tipo de milho é usado para fazer farinhas e pipocas.

9. Brócolis romanesco

Este vegetal que parece alienígena foi criado na Itália e é fruto de um cruzamento entre couve-flor e brócolis. Ele é rico em muitas substâncias saudáveis: caroteno, vitamina C e zinco, mas tem menos fibra que o repolho, por isso é digerido mais facilmente. O romanesco tem um sabor delicado parecido com o do brócolis comum.

8. Espinafre morango

Há uma variedade do espinafre que parece framboesas ou morangos silvestres. Tanto as folhas quanto os frutos são comestíveis: este espinafre contém mais ferro que outras frutas e legumes, e cada 100 gramas das folhas possuem a mesma quantidade de proteína que o leite. Embora as frutas quase não tenham sabor, não deixam de ser extremamente saudáveis. Ou seja, pode comer.

7. Batata doce roxa

A batata doce roxa é originária do Peru e da Colômbia. Os fãs da alimentação saudável adoram este alimento porque ele é rico em antioxidantes e bastante útil na prevenção de várias doenças.

6. Nopal (tipo de cactus)

Nenhum mexicano se surpreende com o nopal, mas este cacto deixa intrigados cidadãos de qualquer outro país - no nosso caso, inclusive, com o nome, que certamente daria margem a algumas piadinhas de mau gosto. Mas, se você perder o preconceito, pode experimentar. Embora, como todo cacto, ele tenha espinhos, é muito rico em vitaminas e ajuda a queimar gordura.

5. Couve-flor colorida

Esta variedade de couve-flor parece uma flor. O vegetal decora qualquer mesa muito bem, além de ser tão nutritiva e saudável quando sua "prima" comum.

4. Raiz de lótus

A raiz de lótus é considerada um manjar nas gastronomias japonesa, chinesa e tailandesa. Também pode ser considerado o "baiacu" do mundo das frutas e legumes: um prato que, quando mal preparado, pode provocar facilmente uma intoxicação grave. As propriedades dessas raízes são famosas desde a antiguidade, e não à toa: elas são bastante ricas em vitaminas e aminoácidos.

3. Melão-de-são-caetano (melão amargo)

Ele é muito comum na Ásia, mas é preciso saber prepará-lo corretamente: sua polpa é amarga e, quando cru, o sumo é tóxico. No entanto, o melão-de-são-caetano é muito saudável, rico em ferro, cálcio e potássio. Estudos recentes demonstraram que o sumo do vegetal é capaz de destruir células de câncer no pâncreas.

2. Oca

É cultivada na América do Sul, especialmente na Colômbia, Peru e Chile. É parecido com a batata, mas tem um aroma levemente picante. Além disso, possui tubérculos coloridos. Diferentemente das batatas, as ocas podem ser comidas cruas, e o purê deste vegetal não fica muito firme.

1. Rabanete melancia

Embora este rabanete lembre uma melancia, seu sabor não é nada doce. O gosto e os nutrientes são praticamente os mesmos dos rabanetes comuns, mas sua aparência é muito mais interessante.