Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Fotos clichês que as pessoas estão cansadas de ver na publicidade

1-2-
534

= Este post é patrocinado pela Depositphotos =

Você já deve ter notado ultimamente muitas imagens genéricas usadas para ilustrar matérias e posts amplos. Quando, por exemplo, alguém escreve sobre criatividade, mídias sociais e Internet, a imagem de referência como ilustração geralmente é a de mãos sobre um laptop. Mas é claro que você conhece outros clichês de bancos de imagem, como, pode exemplo, o do hacker encapuzado que, segundo os anúncios, veio para roubar seus dados e sua alma. Sem mencionar mulheres com sacolas pesadas posando alegremente para a câmera e parecendo um pouco felizes demais para se relacionar com quem quer que seja.

A questão é que imagens desse tipo são usadas com tanta frequência que as pessoas se cansaram delas, sobretudo porque estão presentes em quase todos os anúncios e matérias.

Se você também está cansado desse tipo de situação, que tal brincar um pouco? A Depositphotos, uma biblioteca de milhões de arquivos de banco de imagens autênticas, selecionou uma lista com as principais dez fotos clichês, em um esforço para tornar a irritabilidade um pouco mais divertida.

1. Idosos alegres

Esse clichê da fotografia é realmente lendário. Puxe pela memória de quantas vezes você já viu anúncios com idosos alegres sendo usados para segmentar um público mais velho. Talvez demais para contar.

Os idosos sempre são mostrados nessas imagens como tão saudáveis, vigorosos e felizes que não conseguem conter seus sorrisos. Não que as pessoas de idade não sejam alegres. Mas, cá entre nós, esse tipo de imagem dificilmente reflete todos os idosos. Honestamente, nem mesmo as pessoas na faixa dos 20 ou 30 anos são tão felizes.

2. O hacker encapuzado

O problema com essa imagem é que ela alimenta um estereótipo muito específico. Normalmente, ficamos com essa foto brega e clichê de um homem misterioso em um ambiente escuro, cercado por códigos que não entendemos. Esse clichê tem sido alimentado por representações de hackers não só em posts e anúncios, mas também em filmes e programas de TV.

O que é ainda mais engraçado: a imagem com capuz lembra um ladrão ou um dementador de Harry Potter que roubou suas joias ou sua alma, mas não um hacker que se senta silenciosamente em sua mesa para decifrar algum código.

3. Trabalho fictício

Você trabalha em redes conectado com outras pessoas? Como isso ocorre? Agrupado manualmente em redes brilhantes e que "flutuam no ar" ou desenhando conexões imaginárias que, como mágica, se tornam visíveis? Algumas fotos sugerem isso.

A rede de contatos da vida real geralmente ocorre enquanto as pessoas estão almoçando, festejando ou conversando durante uma pausa para o café. Então, por que a Internet é inundada por esse tipo de conceito fictício? Provavelmente porque muitos escolhem uma espécie de caminho conceitual para ilustrar tópicos amplos.

4. Estereótipos de chefe

Vamos deixar claro desde o início: nem sempre os chefes gritam com seus funcionários.

Esse tipo de imagem é um clichê desatualizado, criado com base em mais estereótipos. E evidentemente não é universal, pois alguns chefes são amigáveis e prestativos e quase sempre têm habilidades de comunicação que vão muito além de simplesmente sair por aí berrando com os subordinados. A única situação em que boa parte das pessoas tem contato com esse tipo de imagem é aquela em que os colegas querem dar boas risadas.

5. Mulher rindo sozinha com uma salada

Você provavelmente já se deparou com esse tipo de imagem de uma mulher rindo sozinha diante de uma salada. E já se perguntou que tipo de piada ou coisa engraçada a salada contou a ela.

A descrição da imagem geralmente informa que a mulher está de dieta. Então, vem a seguinte pergunta à mente: que tipo de dieta a faz rir tanto?

Por que, então, esse tipo de imagem ainda serve para ilustrar anúncios se não tem nada a ver com o estilo de vida saudável? Esqueça esse clichê; mande-o para a lixeira.

6. Elementos abstratos em 3D

No início dos anos 2000, esse tipo de elemento abstrato em 3D era frequentemente usado para ilustrar sites e blogs. Era uma solução fácil para descrever conceitos complicados justamente em um momento em que o 3D ganhava impulso.

Hoje, esses elementos abstratos são vistos como "meio pegajosos", mas, por algum motivo, ainda os vemos em anúncios e na Web.

7. Mulheres felizes fazendo compras

Vamos ser sinceros, não é tão frequente que depois de horas de compras e carregando muitas sacolas pesadas, as mulheres pareçam tão alegres. Suas mãos doem, elas se sentem tontas e cansadas de caminhar por quilômetros em um shopping center. Vamos encarar a verdade: elas só querem tomar uma xícara de café e algo delicioso para comer.

8. Mãos com um laptop

Mãos com um laptop foram um visual essencial por muitos anos para ilustrar tudo sobre tecnologia, mídias sociais e todo tipo de trabalho criativo. Se uma marca estava representando um designer, um artista, um programador ou um trabalhador de escritório, essa imagem era a mais usada.

Só que ela tem sido tão usada para todos esses propósitos que rapidamente se tornou desatualizada. Você pode verificar que esse tipo de imagem não é mais relevante simplesmente postando-a no Instagram. Se as postasse hoje, provavelmente não receberia as centenas ou milhares de curtidas que teria recebido alguns anos atrás. Resumindo, a imagem comunica perto de zero informações.

9. Escolha difícil

Essa foto clichê de banco de imagem é a favorita entre muitas. Ela descreve uma afirmação mítica de que você sempre escolhe entre o bem e o mal.

O problema é que essas imagens são muito literais. Em suma, a popularidade desse tipo de foto mal trabalhada no Photoshop ganhou força nos bancos de imagem devido às muitas mídias on-line que cobrem temas difíceis de explicar em uma única fotografia. Para ilustrar a difícil escolha entre uma refeição saudável e porcarias como fast food, usar algo mais literal acaba sendo uma escolha fácil.

10. Grande família feliz

Por alguma razão, quase todo tipo de anúncio de bens, produtos e serviços deve apresentar o conceito de uma grande família feliz para deixar esses anúncios mais atrativos. Provavelmente, esse clichê surgiu da tradição dos quadros clássicos de família. Portanto, da próxima vez que vir imagens desse tipo, não fique irritado e lembre-se de como os membros de sua família pedem que você "olhe para a câmera e sorria!"

Obviamente, seria ótimo se dedicássemos um pouco mais de esforço à escolha das imagens para ilustrar textos e anúncios e adotássemos maneiras criativas e incomuns para ilustrar tópicos semelhantes. Mas, por enquanto, vamos simplesmente apreciar esses clichês divertidos, rir deles e torcer para que um dia os anúncios não sejam simplificados com nenhum desses clichês clássicos das fotos.

1-2-
534