Incrível
Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

10 Fatos que vão fazer você amar mais a família real norueguesa do que a britânica

A mais popular entre as famílias reais é, sem dúvida, a inglesa. O mundo inteiro acompanha cada passo de Kate Middleton e do príncipe William, e qualquer evento de suas vidas aparece na capa das revistas. Representantes de outras monarquias, muitas vezes, permanecem nas sombras, embora entre eles haja pessoas muito interessantes e que parecem ter saído de verdadeiros contos de fadas.

Nós, do Incrível.club, ficamos inspirados pelo exemplo da dinastia real norueguesa e estamos convencidos de que eles são merecedores de mais atenção. Acompanhe!

1. A família real mais pobre

Claro que não podemos dizer que nenhuma realeza poderia ser chamada de “pobre”, mas o rei da Noruega é um dos monarcas mais “pobres” do mundo, e a família real vive da forma mais modesta entre todas as famílias reais. Os monarcas vestem-se de forma muito simples e discreta mesmo em eventos oficiais, o que acaba por destacá-los em meio à elite.

Além disso, eles não vivem apenas dos impostos que a população paga, mas também tentam ganhar o próprio dinheiro. Por exemplo, o príncipe Haakon, juntamente de sua banda Katzenjammer, lançou um single de Natal, que fez um enorme sucesso. Haakon doou todo o dinheiro que recebeu das vendas do disco para instituições de caridade.

2. Rei Haroldo V arriscou tudo por amor

Esse incrível casal passou por poucas e boas para defender o direito que tinha de ficar junto. O casamento deles se tornou um dos relacionamentos mais estáveis entre os monarcas, tão estável que Haroldo e Sônia agora celebram seus aniversários no mesmo dia. Eles se conheceram em uma festa de um amigo em comum. Sônia era uma vendedora comum e sonhava em se tornar uma estilista. O relacionamento secreto deles durou 9 anos.

Secreto, pois o pai de Haroldo, o rei Olavo V, era categoricamente contra o relacionamento dos dois, visto que Sônia não fazia parte da realeza. Mas, em um determinado momento, a união de Haroldo e Sônia deixou de ser um segredo graças à mídia onipresente e, felizmente, a sociedade reagiu muito bem à escolha do príncipe herdeiro.

Eventualmente, cansado de tentar convencer seu pai, o príncipe desafiou o sistema e declarou: ou ele se casava com Sônia, ou ficaria solteiro para o resto da vida, o que automaticamente privaria um herdeiro ao trono. Como resultado, o rei cedeu, para a felicidade do casal e de todo o país. O casamento de Haroldo e Sônia se tornou um dos acontecimentos mais significativos de toda a história da Noruega.

A propósito, o rei da Noruega é descendente direto de Eduardo VII, o filho mais velho da rainha Vitória, o que faz dele um primo legítimo da rainha da Inglaterra.

3. O filho do rei se casou com uma mãe solo

O filho do rei atual, o príncipe herdeiro Haakon, seguiu o exemplo de seu pai e se apaixonou por uma mulher “comum”, que havia conhecido em um festival de rock. Mas, ao contrário da humilde e encantadora Sônia, Mette-Marit tinha um passado com algumas circunstâncias um pouco agravantes. Ela teve um filho fora do casamento e experimentou drogas ilícitas quando era mais jovem.

A sociedade não estava preparada para aceitá-la. Por isso, o príncipe convocou uma conferência de imprensa durante a qual todo o país assistiu atentamente à conversa de Mette e Haakon sobre o relacionamento dos dois. A sinceridade dos “pombinhos” convenceu o povo norueguês, e até mesmo os mais céticos ficaram com lágrimas nos olhos.

No entanto, essa união afetou gravemente a opinião pública sobre a família real. Mas logo depois que o casal teve sua primeira filha, tudo melhorou. Mette-Marit teve 2 filhos com o príncipe: em 2004 deu à luz a princesa Ingrid Alexandra, e depois, em 2005, nasceu o príncipe Sverre Magno. E Haakon aceitou o primeiro filho de sua esposa, Marius, como parte da família real.

4. A princesa Ingrid Alexandra é a futura rainha da Noruega

A princesa Ingrid Alexandra é uma criança especial, pois ela será a primeira rainha do país após a reforma de sucessão ao trono introduzida na Noruega. Antes dela, apenas uma mulher havia governado o país, no final do século XIV. Portanto, Ingrid Alexandra será a primeira rainha legítima da Noruega nos últimos 6 séculos.

Esse fato inspira muitas mulheres norueguesas, visto que elas são muito independentes. No país é considerado normal, por exemplo, o homem tirar licença-maternidade para cuidar da criança enquanto a mulher continua a trabalhar. Por esse motivo, a princesa tem grande respaldo da população. Com sua modéstia e temperamento calmo, ela já encantou milhares de pessoas, e não há dúvidas de que ela será uma rainha muito inteligente e gentil.

5. A família se destaca pelo seu senso de humor

O príncipe Haakon adora fazer brincadeiras e amenizar os níveis de formalidade nos eventos oficiais. Ele, por exemplo, causou muitas risadas quando sumiu no aniversário de casamento de seus pais e depois apareceu sem barba. Até então ele nunca tinha tirado a barba. E durante a tradicional aparição da família na varanda, o príncipe e sua mulher começaram a cantar um coro infantil e depois dançaram.

O príncipe Sverre Magno é a cara do pai: na sacada, no mesmo dia, ele manteve o comportamento brincalhão do pai, fazendo caras e bocas enquanto dançava. Os meios de comunicação conseguem capturar muitos momentos irreverentes e alegres do pequeno príncipe.

O avô de Sverre, o rei Haroldo V, também consegue muitas vezes causar risadas de deputados em eventos oficiais. Devido à sua idade avançada, por exemplo, rumores sobre sua possível morte surgem com frequência na mídia, mas Haroldo não perde a oportunidade de fazer piadas sobre isso e demonstrar, de todas as maneiras, que ainda tem muita vivacidade e alegria de espírito.

6. Os monarcas amam esporte

A família real norueguesa adora praticar esportes, ao contrário de outros monarcas, e também de participar de competições esportivas, em vez de festas da realeza. Os governantes da Noruega são os que mais gostam de navegar. O rei Haroldo V, por exemplo, até representou seu país nas Olimpíadas de 1964, 1968 e 1972, e seu pai Olavo V já foi campeão olímpico.

Em 2015, juntamente de sua esposa, Sônia, Haroldo se tornou o primeiro monarca em poder a visitar a Antártida, especificamente a Terra da Rainha Maud, que é um território reclamado pela Noruega desde 1938. O casal também tem outro hobby: o ecoturismo. As crianças não ficam para trás: fazem passeios a cavalo, velejam, praticam esqui e surfe, fazem caminhadas e dormem muitas vezes ao ar livre.

7. Eles se preocupam com o meio ambiente

O príncipe herdeiro Haakon dirige carro elétrico há 15 anos. O palácio da família real está coberto de painéis solares, e na residência do príncipe, em Skaugum, praticamente não há nada de plástico. Haakon e sua esposa frequentemente encorajam o cuidado com o meio ambiente e buscam reduzir o consumo de água e eletricidade.

A família real tenta não usar produtos de peles naturais. É por isso que Kate Middleton chamou bastante atenção ao aparecer com seu chapéu “peludo” durante uma visita oficial à Noruega. O país planeja parar completamente de produzir roupas com peles de animais até 2025.

8. Eles apreciam a vida simples

Consegue imaginar a realeza se locomovendo de transporte público? O povo norueguês não parece se surpreender ao ver o príncipe no mesmo vagão do metrô que ele. A família real não tem o costume de voar para alguma ilha privada, esconder-se atrás de fortalezas impenetráveis ou contratar inúmeros guarda-costas para protegê-los em qualquer lugar. No verão passado, por exemplo, o príncipe Haakon e sua família foram para Ibiza, onde tomaram banho de sol ao lado de diversos outros turistas.

Mette-Marit não teve um vestido de casamento muito chique (ela escolheu uma marca local pouco conhecida — Ove Harder Finseth), o que não aconteceria na Inglaterra ou na Espanha, por exemplo. Os pais dos pequenos monarcas sempre quiserem que seus filhos tivessem uma infância “normal”, com caminhadas na rua e brincadeiras. A propósito, os filhos do casal real frequentam uma escola comum.

9. A Princesa Marta Luísa é uma rebelde (no bom sentido)

A princesa quebrou o protocolo muitas vezes: escolheu usar calças rasgadas em vez de vestidos refinados e subiu em árvores para pensar na vida algumas vezes. Ela recusou o título e o dinheiro do Estado e agora vive em uma casa modesta, tem um caminhão e paga impostos, como todos os outros cidadãos. Ela mesma cuida dos filhos e, às vezes, conta com a ajuda de uma babá ou de serviços de limpeza para as tarefas domésticas. Ela também inaugurou uma instituição de caridade para deficientes físicos, pessoas com doenças graves, atletas e jovens talentos.

Marta Luísa é bastante conhecida por seu divórcio e por seu novo relacionamento com um homem que se autodenomina um xamã espiritual. A princesa também se considera uma verdadeira vidente.

10. O filho da princesa Mette-Marit, e sua namorada, são a versão norueguesa de Megan e Harry

O jovem Marius Borg, 21 anos, recusou seus deveres oficiais reais e agora vive por conta própria. Recentemente, ele começou a namorar uma modelo, Juliane Snekkestad, que é conhecida por suas fotos sensuais em revistas masculinas. A mídia anunciou um verdadeiro interesse no casal, comparando os amantes com o famoso casal britânico, Harry e Megan, esta que também ficou conhecida por sua sessão fotográfica provocante para a revista Men’s Health. A família real defendeu o jovem casal, alegando que Marius tem direito à liberdade em sua vida privada.

Você acha que a família real norueguesa pode competir com os britânicos? Ou será que não existe nenhuma competição entre Mette-Marit e Kate Middleton? Dê sua opinião!

Imagem de capa AFP / EAST NEWS
Compartilhar este artigo