Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Efeitos misteriosos mais intensos que um déjà vu

Paradoxos, fenômenos e efeitos extraordinários pode parecer quase coisa de mágica, mesmo quando têm uma explicação lógica. Quando nos deparamos com eles, sentimos como se o "tecido" do qual é feito o universo pudesse ser furado a qualquer momento.

O Incrível.club encontrou alguns desses efeitos interessantes que talvez você já tenha até vivenciado, mas não sabia do que se tratavam.

10. Paradoxo do aniversário

De acordo com esse paradoxo, num grupo de 23 pessoas, ao menos duas delas têm 50% de chance de fazer aniversário no mesmo dia. Num grupo de 60 pessoas, esta probabilidade é maior que 99%.

Aqui, o paradoxo está no fato de que, intuitivamente, acreditamos que isso não é possível. Contudo, cálculos matemáticos comprovam o contrário.

9. Complexo Baader-Meinhof (ilusão de frequência)

Explicar este fenômeno cerebral é muito simples: o complexo de Baader-Meinhof consiste em que, ao conhecer o complexo de Baader-Meinhof, passará a ouvir constantemente coisas a respeito do complexo de Baader-Meinhof.

Não se trata de uma coincidência. Antes de aprender uma nova palavra, não dávamos atenção quando ela passava pelo fluxo geral de informação.

8. Fenômeno da bola rolante

Muita gente que mora em apartamento escuta, durante a noite, um barulho que parece vir da casa de cima, lembrando uma bola de metal que quica várias vezes e sai rolando.

Na Internet, as discussões sobre o tema contam com dezenas de milhares de comentários, sem que haja um consenso. O mais provável é que as válvulas entre os andares, aquecidas durante o dia, se expandam. Já à noite, elas resfriariam, voltando à posição original e causando o barulho.

7. Fenômeno do estranho no espelho

O psicólogo italiano Giovanni B. Caputo estudou esse fenômeno: quando alguém observa o próprio reflexo no espelho durante muito tempo, começa a ver outra pessoa. Alguns veem seus pais, outros enxergam criaturas fantásticas, enquanto outros visualizam o próprio rosto, só que bastante modificado.

Não existe algo de místico nesse fenômeno. A ilusão surge à medida em que o sistema visual percebe várias vezes a mesma imagem, passando, então, a interpretá-las de uma forma diferente.

6. Jamais vu

Esste paradoxo da mente é oposto ao déjà vu: certa palavra ou fenômeno é bem conhecido por você, mas de repente, você o vê como se fosse a primeira vez. A forma mais simples de provocar um jamais vu é repetir a mesma palavra várias vezes. Você terá a impressão de que aquela palavra não faz sentido, e de nunca tê-la ouvido antes.

Assim como acontece com o déjà vu, não se sabe exatamente quais as razões que levam a esse paradoxo.

5. Efeito Mandela

O nome desse efeito é precedido pelo erro cometido por muitos, que acharam que Nelson Mandela tinha morrido na prisão há 40 anos (na verdade, ele morreu em casa, em 2013). Milhões de pessoas são invadidas por espécies de lembranças falsas. Há diversos registros de casos deste fenômeno.

Tudo isso tem explicações científicas, mas alguns preferem acreditar na teoria dos universos alternativos, e que alguém está mudando os rumos da história bem diante dos nossos olhos. Resumindo, pura teoria da conspiração.

4. Paradoxo da identidade dos outros

Esse efeito consiste achar que todos os membros de algum grupo do qual não fazemos parte são mais ou menos idênticos: por exemplo, para quem não é cowboy, todos os cowboys são iguais, embora haja cowboys no Brasil, nos Estados Unidos, na Austrália...e mesmo entre os cowboys de uma mesma região, há formas diferentes de pensar e até de se vestir. Isso vale para representantes de algumas subculturas, todas as pessoas de outras raças, etc. Nesse último caso, não se trata de racismo em absoluto. O que acontece é que ainda possuímos um instinto primitivo que faz com que dividamos as pessoas entre as que são como nós e as que não são.

3. Efeito da sinestesia

Nesse estado, algumas imagens visuais ou táteis podem ir acompanhadas por sensações auditivas, e vice-versa. Assim, há quem escute cores e veja cheiros. Por exemplo, o número 3 pode parecer para você azul, peludo ou pegajoso.

A ocorrência da sinestesia ainda não foi exatamente definida: de acordo com algumas fontes, ela está presente em uma a cada 2 mil pessoas. Segundo outras pesquisas, ocorre em uma a cada 23. Aqui, a dificuldade é que alguns indivíduos não se consideram sinestéticos, e não percebem que são diferentes dos outros. Os motivos desse fenômeno continuam envoltos em mistério.

2. Efeito do vale misterioso

O poder de atração de um robô aumento à medida em que ele se assemelha a um ser humano. Mas quando ele começa a ter uma aparência muito similar à nossa, a simpatia é substituída bruscamente por medo e repulsa.

Nosso cérebro não entende quem ou o que está diante dos nossos olhos. Para entender do que estamos falando, clique aqui e também aqui. (Tenha cuidado, alguns redatores do Incrível.club ficaram de cabelo em pé).

Por isso, o mais indicado é criar robôs totalmente diferentes do ser humano ou apenas parecidos, não idênticos. Assim, o efeito desaparece.

1. Teoria dos seis graus de separação

Segundo essa teoria, há apenas cinco pessoas entre você e qualquer outra do Planeta. Por exemplo, para você pode ser amigo de um amigo de outro amigo...e em cinco pessoas, chegará ao craque Cristiano Ronaldo! Ou à atriz Angelina Jolie...qualquer pessoa do mundo!

Testamos esta teoria com a ajuda de uma popular rede social, e conseguimos confirmá-la. E mais de uma vez! No fim das contas, o autor deste post e o primeiro ministro de um determinado país estão separados por apenas 3 pessoas (apesar de a segunda ter apenas 20 amigos na rede social!). Sim, parece impossível, mas é verdade.

E você, já vivenciou algum destes fenômenos? Deixe seu comentário!