10 Detalhes que mudam a pontuação das escolas de samba e talvez você ainda não saiba

Gostando ou não, é praticamente impossível ignorar o carnaval vivendo no Brasil. Na rua estão os bloquinhos e, se você ligar a televisão, muito provavelmente vai ver alguma coisa passando sobre os desfiles das escolas de samba. E, apesar de parecer só alegria e explosão de cores, as agremiações levam a apresentação muito a sério e precisam trabalhar duro para não perder pontos por erros que você nem imagina.

Descubra com o Incrível.club dez quesitos que fazem as escolas de samba perderem pontos na avenida. Tomamos como base o Grupo Especial de São Paulo, mas as regrinhas não são muito diferentes em outros estados. Venha conferir com a gente.

1. Não cumprir o tempo mínimo de desfile

Segundo o regulamento da Liga SP, cada escola deve levar pelo menos 55 minutos entre a entrada da primeira ala na avenida até a passagem da última ala pelo portão no final. Gastar menos tempo que isso faz com que a escola perca pontos.

2. Ultrapassar o tempo máximo de desfile

Assim como existe um tempo mínimo, o tempo máximo de desfile também precisa ser respeitado. O último item da última ala deve passar pela linha final em até 65 minutos de desfile. Quando a agremiação vê que está atrasada, os integrantes costumam apressar o passo para dar tempo de terminar antes que o portão seja fechado.

3. Não ter um número mínimo de pessoas desfilando

Se você tem a impressão de que são muitas pessoas desfilando no meio da escola, você está certo. Na verdade, para poder entrar na avenida, a agremiação precisa ter no mínimo 2 mil componentes divididos por todas as alas.

4. Fazer merchandising no meio do desfile

Pode até parecer um bom negócio divulgar sua marca durante um desfile de carnaval visto por milhares de pessoas. Mas é proibido fazer qualquer tipo de propaganda no enredo, na alegoria, nos adereços, nas alas, no samba-enredo ou em qualquer outro meio do desfile. A ação pode acarretar perda de pontos para a escola de samba.

5. Ter um animal de verdade puxando os carros alegóricos

Os carros alegóricos gigantescos são, com certeza, uma das coisas que mais chamam a atenção durante o desfile. Quando necessário, algumas pessoas podem até ajudar a empurrar, mas é expressamente proibido no regulamento colocar animais de verdade para puxar os carros.

6. Não estar na concentração no horário estipulado

Antes de entrar na avenida, cada agremiação tem um tempo de concentração para que todos os integrantes fiquem reunidos, consigam organizar todo mundo na ordem certa e confiram todos os detalhes. Mas esse tempo tem que ser bem respeitado: a escola de samba que não se apresentar na concentração dentro do horário pré-estabelecido estará automaticamente desclassificada.

7. Fantasia tem que ser perfeita

As fantasias são um espetáculo à parte quando falamos de carnaval. Assim como nos bloquinhos de rua, são muito importantes no desfile das escolas de samba. Elas ganham pontos se estiverem bem feitas, mas perdem se estiverem com algum defeito ou diferentes entre os integrantes de uma mesma ala.

8. Erros da porta-bandeira e do mestre-sala

No início de cada desfile, vemos o casal de porta-bandeira e mestre-sala. Apesar de serem parte de um desfile de carnaval, eles não podem sambar — podem apenas fazer uma espécie de bailado que acompanha o samba. Além disso, a porta-bandeira não pode deixar a bandeira enrolar de jeito nenhum.

9. Bateria errar o samba

A bateria é conhecida como o coração da escola de samba, já que é ela que toca os instrumentos que fazem o samba ao vivo. Mas a bateria também precisa tomar cuidados para não perder ponto, como tocar em um ritmo mais rápido ou mais devagar do que começou. Além disso, todos os ritmistas precisam tocar alinhados e no mesmo ritmo.

10. Cantar sambas antigos em horas erradas

Todo ano, as agremiações precisam inovar e criar um samba-enredo diferente para apresentar no carnaval. Mas uma curiosidade sobre as escolas de samba é que, antes de atravessar a linha para começar o desfile, elas costumam cantar seus sambas de outros anos para levantar o astral do pessoal. Mas é preciso ter atenção: cantar sambas antigos após o toque da sirene que inicia o desfile daquele ano é expressamente proibido.

Sabe de mais algum detalhe que faz as escolas de samba perderem pontos no carnaval? Conte para a gente nos comentários.

Compartilhar este artigo