Quais são as raças de 10 cães dos desenhos animados e como eles seriam na vida real

Não é apenas no mundo real que os cachorros fazem parte das nossas vidas. Nos desenhos animados eles também já provaram ser amigos fiéis de seus tutores, e conquistaram fãs de todas as idades ao longo dos anos. Quem nunca imaginou, na infância, ter um companheiro de quatro patas igualzinho a um personagem da TV ou do cinema?

Nós, do Incrível.club, achamos que isso é possível! Por isso, vamos revelar quais são as raças de 10 “doguinhos” famosos das animações e contar um pouco sobre a personalidade de cada uma delas. Se você sempre quis ter um Scooby-Doo em casa, por exemplo, chegou a hora de descobrir como ele se comportaria!

1. Scooby-Doo — Dogue alemão

dogue alemão da vida real é exatamente como seu representante dos desenhos animados: só tem tamanho! Por causa de sua altura, o grandalhão pode assustar à primeira vista, mas basta um pouquinho de convivência para notar quão amável ele é.

Dócil e brincalhão, o peludo não faz ideia do tamanho e do peso que tem e costuma se portar feito um cachorro de porte menor. Igualzinho ao medroso Scooby-Doo! Cães dessa raça adoram estar na companhia de seu tutor (oi, Salsicha!) e esbanjam disposição na hora de fazer atividades como caminhadas.

2. Lady — Cocker spaniel americano

A graciosa Lady, a cadelinha que encantou gerações no clássico do cinema A Dama e o Vagabundo, é uma legítima representante dos cocker spaniels americanos. Quem tem um cãozinho desses em casa sabe o quanto podem ser fiéis e dedicados à família, assim como a personagem da famosa animação.

Preguiça não é com eles! Os cachorros dessa raça, marcada pelas orelhas grandes e peludas, gostam de estar sempre fazendo alguma coisa. Também são muito velozes, o que explica as fugas de Lady pela cidade no filme da Disney. Dóceis e de pequeno porte, são ótimos para casas menores.

3. Vagabundo — Vira-lata

Os peludos sem raça definida (conhecidos como SRD) são verdadeiros xodós dos brasileiros! O vira-lata caramelo que o diga, afinal, ele é, praticamente, um patrimônio do nosso país. Nas telonas, os cães sem pedigree ganharam um representante cheio de carisma: o Vagabundo!

Muita gente acredita que os cachorros vira-latas tendem a ser mais cismados em virtude de seu histórico possivelmente marcado por abandono ou maus tratos. Mas o fato é que, por não terem uma origem determinada, sua personalidade pode variar de uma mistura para outra. O consenso é de que eles costumam ser muito espertos, como o personagem da Disney.

4. Floquinho — Lhasa apso

Nas histórias em quadrinhos da Turma da Mônica, o Floquinho é certamente um personagem que não passa despercebido — ou você já viu um cachorro verde andando por aí? Com os pelos escorridos que cobrem o focinho, o fiel companheiro do Cebolinha é um autêntico lhasa apso.

Além de fofos, os peludos dessa raça são exímios cães de guarda e possuem um forte instinto protetor em relação aos seus tutores. Adoram tirar bons cochilos e, mesmo não sendo grandes apreciadores de atividades físicas, se dão muito bem com crianças. Assim como o dogue alemão, o lhasa apso não tem noção do próprio tamanho: ele pensa que é grande!

5. Dug — Golden retriever

“Acabei de te conhecer, mas já te adoro!” Foi com essa frase que Dug se apresentou para Carl, o velhinho rabugento do filme Up: Altas Aventuras. E é mais ou menos assim que um golden retriever da vida real se comporta. Eles são tão sociáveis que podem demonstrar afeto com facilidade.

Extremamente brincalhões, os peludos dessa raça dificilmente irão atacar ou se retrair diante de um estranho. Por isso, não são recomendados como cachorros de guarda. Ativos e muito inteligentes, também costumam ser ótimos companheiros para pessoas portadoras de deficiência visual que necessitam de um cão-guia.

6. Pluto — Cão de Santo Humberto

Na vida real, digamos que não é lá muito comum ver um camundongo sendo tutor de um cachorro. Entretanto, no maravilhoso mundo de Walt Disney, tudo é possível! Nos desenhos animados, Pluto, um doguinho inspirado na raça bloodhound (conhecida também como Cão de Santo Humberto), é o pet de Mickey, um rato.

Por serem cães de caça, peludos desse tipo ganharam reconhecimento graças a seu excelente faro — e atuam como verdadeiros detetives! Apesar disso, estão longe de serem agressivos. Têm um porte grande, mas são calmos e não costumam fazer barulho.

7. Max — Jack russell terrier

Na animação Pets: A Vida Secreta dos Bichos, Max é um cãozinho bem ciumento. O pequeno não gosta nada quando sua tutora chega em casa com outro peludo e fica contrariado ao descobrir que vai precisar dividir o espaço. No mundo real, um jack russell terrier também é muito fiel aos humanos.

Mas é preciso ter bastante energia para acompanhar o ritmo desses cães. Curiosos e exploradores, eles não param quietos! Tudo vira uma grande brincadeira. Gostam de sair correndo e pulando por aí — e podem chegar, em um salto, a uma altura de até 5 vezes o seu tamanho.

8. Ajudante de Papai Noel — Galgo inglês

Membro de uma das famílias mais famosas da TV, o Ajudante de Papai Noel é o adorável mascote dos Simpsons. Homer e Bart conheceram seu amigo de quatro patas em uma corrida de cães — e isso não foi por acaso. Os cachorros da raça greyhound, também chamada de galgo inglês, são os mais velozes que existem!

O corpo alongado, tão característico desses peludos, ajuda no seu condicionamento físico: eles chegam a atingir até 68 km/h. Apesar da agilidade, os apressadinhos gostam mesmo é de passar o dia relaxando. Dóceis e carinhosos, também são sensíveis e não querem saber de ficar sozinhos.

9. Brian — Labrador

O bagunceiro Marley, do filme Marley & Eu, não é o único labrador famoso do mundo do entretenimento. Talvez você nem desconfie que o Brian, da série animada Uma Família da Pesada, também é um representante da raça. No desenho, o personagem pensa que é gente. Mas, na vida real, cães dessa espécie gostam mesmo é de aproveitar ao máximo suas características animais.

Conhecidos pela sua simpatia, labradores não querem guerra com ninguém! São muito obedientes e parecem estar sempre com um sorriso no rosto. Assim como os golden retrievers, podem ser treinados para auxiliar pessoas portadoras de necessidades especiais.

10. Pongo — Dálmata

dálmata é, provavelmente, a raça de cães mais famosa do universo da TV e do cinema. Popularizada pelo clássico filme da Disney, em que a malvada Cruella tenta transformar algumas dezenas de filhotes em um casaco de pele, a espécie chama a atenção por onde passa com suas manchinhas cheias de estilo.

As pintas pretas, inclusive, são únicas em cada pet, semelhantes a uma impressão digital: você nunca encontrará um dálmata igual a outro. Assim como Pongo, esses doguinhos são fiéis a seus tutores e estão sempre aprendendo algo novo. Eles também têm facilidade para conviver com outros animais.

Qual dessas raças você gostaria de ter em casa como um companheiro? Lembra-se de outros cãezinhos animados que ficaram de fora da nossa lista? Diga nos comentários os personagens que também merecem ser mencionados! Eles podem aparecer em uma segunda parte deste artigo. 😉

Compartilhar este artigo