Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Por que seu gato morde seus pés e como evitar esse comportamento

6-21
228

Gatos são seres enigmáticos e, às vezes, a tarefa de entender o comportamento felino dá um baita trabalho. É como se, diferentemente dos outros animais domésticos, como cachorros, os bichanos agissem de maneira imprevisível e sem explicação. Entretanto, nossos amigos bigodudos também podem aprender a ter um bom comportamento quando ensinados desde filhotes. Quando nosso gato age de maneira incômoda e inesperada, mordendo os pés de algum membro da família, por exemplo, tendemos a ficar surpresos e preocupados, já que não sabemos como lidar corretamente com a situação. A verdade é que o problema pode ter origens distintas e, felizmente, pode ser corrigido.

Neste post, o Incrível.club explica a você, leitor, alguns dos possíveis motivos para tal comportamento, mostrando como ele pode ser mudado.

1. Tédio

Uma das causas pelas quais seu gato morde seus pés ou suas pernas pode ser o tédio. O instinto caçador dos felinos faz com que, naturalmente, eles tentem capturar tudo que está em movimento. E quando o bichano passa muito tempo sozinho ou sem receber atenção de alguém disposto a brincar e estimular seu instinto de caça, é muito provável que passe a perseguir os humanos, dando preferência especial aos pés ou tornozelos, já que são as partes do corpo de mais fácil acesso. Assim, ele se diverte ao tentar “te capturar” e, ao mesmo tempo, pede que você dê a ele mais atenção.

Para evitar esse problema, recomendamos que você brinque com seu gato mais frequentemente. Caso não tenha muito tempo disponível para isso, invista em brinquedos seguros que permitam ao animal se manter entretido durante o dia.

2. Excesso de excitação

Em muitas ocasiões, os animais de estimação não sabem como controlar a própria energia e as emoções. Essa pode ser uma das causas que fazem o animal avançar para morder pés e pernas humanas sempre que fica feliz. Tal excesso de excitação costuma surgir, por exemplo, quando há alguém brincando com ele ou oferecendo um petisco de que goste muito.

Apesar de a causa do problema não ser algo negativo, é muito importante mostrar ao gato que machucar os outros não é algo legal. Para corrigir o comportamento, você pode recorrer à técnica do reforço positivo. Quando seu gato estiver mordendo seus pés por estar muito animado, pare o que estiver fazendo (seja alimentando-o ou brincando com ele). Em seguida, ajude o gato a se acalmar. Assim que ele estiver mais tranquilo, recompense-o brincando novamente ou dando a ele um prêmio, que pode ser um petisco ou um brinquedo.

3. Mal-estar

Se o seu gato morde seus pés em momentos de tranquilidade (por exemplo, quando você está dormindo ou descansando), é bom verificar o estado de saúde dele, checando se tem feridas ou está passando mal. Quando os gatos estão doentes ou incomodados, tentam chamar sua atenção em busca de ajuda. E uma das estratégias felinas para isso é morder os pés humanos.

Na hipótese de seu gato não estar doente, o mal-estar pode surgir após você retirá-lo de um lugar ou de uma posição em que ele se sinta confortável e seguro, reagindo a isso com certa agressividade por interpretar sua atitude como uma possível ameaça.

4. Agressividade

Alguns gatos mordem pés e tornozelos porque são agressivos. Isso pode ser fruto de uma socialização deficiente quando filhotes ou de um ambiente que provoca estresse. Se o felino estiver em uma dessas situações, é possível que ataque como uma forma de defesa.

Se você estiver lidando com um bichano que morde seus pés por estresse, recomendamos uma consulta ao veterinário ou a um etologista especializado em felinos. Profissionais dessas áreas são capazes de identificar a origem específica da agressividade do animal, permitindo que ele e os humanos convivam com mais harmonia. Se seu gato for muito agressivo ou estiver causando ferimentos sérios com as mordidas, o ideal é procurar ajuda o mais rápido possível.

Possíveis soluções

Até agora, falamos que existem diversas causas que podem levar um gato a morder os pés das pessoas. Caso o problema não exija a ajuda de um especialista, algumas dicas podem ser úteis para resolver a situação:

Enriqueça o ambiente: Use brinquedos, torres, prateleiras altas e esconderijos que permitam ao seu gato explorar e se manter entretido enquanto você não estiver em casa. Tenha em mente a importância de escolher brinquedos e acessórios adequados e seguros para o felino.

Dedique tempo a ele: Reserve um momento do seu dia para se divertir com seu gato. Você pode fazer carinho ou se envolver em brincadeiras com ele. Caso o bichano tenha caráter explorador, é possível até levá-lo para um passeio.

Adote um companheiro: Uma boa solução para gatos que passam muito tempo sozinhos é a adoção de um novo bichano para que eles façam companhia mútua. Antes de tomar a decisão, contudo, é preciso saber se o seu felino é sociável com outros animais. E não se esqueça de que um novo pet traz novas responsabilidades.

Visite o veterinário: Certos problemas de saúde e certas doenças provocam reações agressivas nos gatos. Por isso, é sempre importante fazer consultas regulares no veterinário, garantindo que seu amiguinho peludo esteja sempre em boas condições de saúde e com um estado físico satisfatório.

Depois de ler as possíveis causas para ter seu gato mordendo seus pés o tempo todo, você teria mais alguma dica capaz de lidar com o problema? Em sua opinião, qual a grande vantagem de se conviver com um gato? Comente!

6-21
228
Compartilhar este artigo