Incrível
Incrível

Por que os cachorros lambem nosso rosto ou nossos pés (e a explicação de outros 12 comportamentos)

Os amantes dos cães se derretem quando seus amigos peludos dão suaves patadas enquanto dormem, quando inclinam a cabeça ou simplesmente quando correm frenéticos depois de um banho. O que muitos de nós não sabemos é que tais comportamentos fofos têm uma razão de ser e que essa explicação muitas vezes é mais simples do que parece.

Incrível.club quer explicar a razão desses comportamentos, que quase sempre costumam provocar mais de um sorriso.

1. Perseguir a própria cauda

Essa ação pode ter três significados, e qualquer que seja, precisa da sua atenção. O primeiro: seu cachorro está muito entediado e procura se divertir. O segundo é que pode ter parasitas provocando-lhe ardência ou coceira. Como terceiro ponto, se o faz muitas vezes, talvez seja um TOC (transtorno obsessivo-compulsivo) por estresse, ansiedade ou frustração.

2. Lamber o seu rosto ou os pés

Essa pode ser uma das formas mais comuns para demonstrar amor e respeito por seu dono. Dizem que as lambidas são equivalentes aos beijos. Se o seu cachorrinho lambe os seus pés, pode estar identificando o seu gosto, a sua composição química e o seu estado de saúde. Às vezes, também pode fazê-lo apenas para chamar a sua atenção.

3. Inclinar a cabecinha para um lado

Uma das coisas mais fofas que os cachorros fazem é inclinar a cabeça para tentar entendê-lo melhor. Algumas teorias afirmam que, dessa forma, eles ouvem tons e palavras com maior precisão, e outras mencionam que o focinho os atrapalha, e a posição lhes confere uma visão mais ampla. Seja como for, as cabecinhas inclinadas para um lado sempre geram um longo e sincero “Own”.

4. Se animar com a brincadeira da bolinha

Passar o tempo com seu cachorrinho ou cadelinha e brincar do que eles gostam significa simplesmente tudo para ele ou ela. Não é apenas divertido, mas o fato de lhe trazer a bolinha pode ser uma forma de “presenteá-lo” ou agradá-lo.

5. Sacudir um brinquedo

Os cães são parentes distantes dos lobos e isso define seu jeito de ser. Seu brinquedo pode ser interpretado como uma presa, e sacudi-lo vigorosamente reflete seus instintos caçadores. No entanto, a maioria dos cachorros domésticos faz isso apenas por mero passatempo.

6. Esfregar a cara

As patinhas dianteiras dos cães podem ajudá-los a limpar a cara quando sentem que algo os incomoda ou ainda a acabar com uma coceira. Esse também pode significar um sinal de submissão para com outros animais ou para com seus próprios donos.

7. Correr energicamente depois de tomar banho

Se o seu cachorro sai correndo à velocidade da luz depois de tomar um bom banho, então ele talvez esteja experimentando FRAPS (períodos frenéticos de atividade aleatória). O que é isso? É um acúmulo extremo de energia. A maioria dos cães odeia a hora do banho. E, quando finalmente eles se sentem livres, ficam loucos de tanta alegria. Isso, simultaneamente, os ajuda a se secar e a recuperar seu cheiro natural, já que os shampoos não costumam ser do seu agrado.

8. Dar voltas antes de se deitar

Como mencionamos anteriormente, os cães são parentes distantes dos lobos. Girar várias vezes sobre seu próprio eixo pode ser uma forma de verificar se, ao seu redor, não há nada perigoso que possa pegá-los de surpresa. E isso inclui até mesmo os cachorros de estimação, que fazem isso por instinto herdado. Eles igualmente “afofam sua caminha” para garantir que o seu espaço está confortável.

9. Rolar na grama

O olfato é um dos sentidos mais aguçados dos cachorros, e eles são capazes de perceber uma infinidade de cheiros que os humanos não sentem. Rolar na grama ajuda a identificar um cheiro novo que tenha chamado a sua atenção ou, ainda, a tirar os próprios cheiros de que não gostam. Em certas ocasiões, eles o fazem para acabar com a coceira nas costas.

10. Deitar sobre ou se aninhar no dono

Os cães adoram sentir o calor da sua matilha e você é a família deles. Então, tal comportamento é como uma forma de demonstrar seu afeto. Também é dessa maneira que marcam seu território. Isso pode acontecer com mais frequência quando recebe visitas, para as quais eles desejam deixar bem claro que não estão dispostos a compartilhar o que é deles. Outros especialistas afirmam que se sentar sobre os pés do dono e não deixá-lo se mover é uma atitude desafiadora, o que os faz se sentirem dominadores. Esse comportamento não deve ser reforçado, mas corrigido.

11. Tremer quando dormem

Os cães podem dormir calma e profundamente e entrar na fase REM (Rapid Eye Movement), caracterizada por movimentos oculares rápidos, na qual começam a sonhar e a ter espasmos. Por isso, sua carinha pode tremer sem controle, eles podem dar chutes ou até latir. Não é recomendável acordá-los nesse momento, pois podem se sentir desorientados e de mau humor, como acontece com qualquer ser humano.

12. Mover a cauda como um cata-vento

O movimento da cauda tem muitos significados, mas quando se move em círculos, quer dizer que o seu cachorro está com toda a disposição para brincar, e quanto maior a velocidade, maior a emoção. Não importa a idade, eles são tão fiéis que sempre estarão felizes em vê-lo.

13. Mover a pata quando você coça a sua barriguinha

Especialistas afirmam que isso é o “reflexo da coçada”, na qual são ativadas terminações nervosas que enviam o sinal de que tem um agente lhe provocando cosquinha ou irritação (embora a maioria pareça gostar bastante).

Quais comportamentos você adora no seu peludo? Não se esqueça de compartilhar essas informações com outros amantes dos cachorros.

Incrível/Animais/Por que os cachorros lambem nosso rosto ou nossos pés (e a explicação de outros 12 comportamentos)
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos