Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Os patos não têm motivo algum para invejar os pavões (temos fotos para provar isso)

6-12
173

Os patos diferem da maioria das aves porque têm uma maior interação com os seres humanos. Mas o conhecimento sobre o seu modo de ser e sobre a sua natureza ainda é bastante limitado, a tal ponto que muitas pessoas não conseguem mencionar mais de duas ou três variedades desses animais.

Incrível.club preparou este post para você aprender mais sobre essas aves maravilhosas e, acima de tudo, para admirar a beleza delas em toda a sua glória.

1. Pato doméstico (Anas platyrhynchos domesticus)

Os patos não pertencem ao mesmo grupo de aves dos gansos e dos cisnes. Existem quase 30 espécies, divididas em seis subfamílias. O mais numeroso e popular é o pato branco doméstico, pertencente à subfamília Anatinae. Eles têm seis pálpebras, três em cada olho. Outra característica é que nem todas as espécies de patos conseguem voar.

2. Pato-real (Anas platyrhynchos)

A capacidade do pato-real de se adaptar a diferentes ambientes fez dele a espécie mais numerosa do hemisfério norte.

3. Pato vapor cinzento (Tachyeres pteneres)

pato vapor cinzento é um dos poucos que não conseguem voar. Dessa maneira, é possível entender sua cara de “poucos amigos”. De qualquer forma, possui uma vantagem: é reconhecido como o maior do mundo, chegando a medir 84 cm e pesar 6,2 kg.

4. O pato-d’asa-azul (Spatula discors)

Embora o pato-d’asa-azul seja uma espécie predominantemente migratória, a população do Texas (EUA) é sedentária.

5. Marreca-oveira (Mareca sibilatrix)

marreca-oveira é uma ave muito bonita, mas possui um defeito: geralmente não é muito boa na hora de mergulhar.

6. Pato-carolino (Aix sponsa)

pato-carolino, também conhecido como “pato de madeira”, possui uma característica curiosa. O macho exibe penas belas e brilhantes, já a fêmea tem penas de cores opacas.

7. Pato-mandarim (Aix galericulata)

pato-mandarim tem sido considerado pelas crenças populares do leste asiático como portador de boa sorte e bom presságio no amor conjugal. Na China, nas cerimônias mais importantes, os recém-casados costumam receber alguns desses patos de presente.

8. Pato-de-crista (Sarkidiornis melanotos)

Embora essa espécie seja chamada de “pato-de-crista”, na verdade, apenas o macho possui essa característica. A fêmea não tem a membrana no bico.

9. Pato-de-bico-vermelho (Netta rufina)

No caso do pato-de-bico-vermelho, quando a fêmea (que possui cores mais escuras) está incubando, o macho muda de plumagem e, assim, durante um mês, não consegue voar.

10. Marreca-pé-vermelho (Amazonetta brasiliensis)

O pato conhecido como marreca-pé-vermelho só é encontrado na América do Sul — sobretudo aqui no Brasil. Quando o casal voa, a fêmea sempre vai na frente.

11. Pato arlequim (Histrionicus histrionicus)

pato arlequim macho usa a sua plumagem brilhante tanto para atrair as fêmeas quanto para se camuflar nas águas.

12. Marreca-parda (Anas georgica)

marreca-parda habita tanto as regiões localizadas no nível do mar, quanto a 4.600 metros de altitude.

13. Marreca-do-bico-azul (Oxyura australis)

marreca-do-bico-azul precisa submergir para conseguir obter o seu alimento. É uma ave característica do território australiano.

14. Pato sardento (Stictonetta naevosa)

Embora seja capaz de voar, o pato-sardento costuma ser caracterizado por seus pousos um tanto desajeitados.

Vamos jogar: o Pato Donald era claramente um pato doméstico. Se você tivesse de criar um personagem inspirado em uma espécie desse animal, qual dos mencionados no post você escolheria?

6-12
173
Compartilhar este artigo