Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Os bichos de estimação mais seguros para alérgicos

É muito triste amar os animais, mas não poder ter um pet por conta das alergias.

O Incrível.club considera isso muito injusto. Por isso, este post traz dicas de como escolher um bicho de estimação sem prejudicar a saúde.

É importante recordar que todos os animais produzem certa quantidade de alérgenos. Geralmente, essas substâncias estão nos pelos, saliva e suor, mas também na poeira acumulada na pele do animal. Portanto, não existem cães nem gatos 100% hipoalergênicos. Mas há certas raças que oferecem um perigo muito menor para quem sofre com as alergias.

Gatos

O gato-de-bengala tem um pelo que quase não solta, fazendo com que o bicho não tenha necessidade se lamber muito. E isso diminui a quantidade de alérgenos, como pelo e saliva do animal.

As raças Devon rex e Cornish rez têm pelagem curta, macia e fina, que quase não cai. Assim, basta dar banhos regulares no animal para dar um fim aos alérgenos.

Os gatos siberianos e azul russo não têm pelo curto. No entanto, sua saliva tem bem menos proteína Fel d 1, que provoca alergias nos humanos.

Os gatos Peterbald não têm pelos, evitando um problema muito comum entre alérgicos. Mas é preciso dar banhos frequentes no animal, e também hidratar sua pele com um óleo especial.

Cães

O Pelado Mexicano e o Cão de crista chinês são mais seguros para alérgicos porque quase não têm pelos. Mas, como os gatos "pelados", requerem banhos frequentes.

Os Schnauzer e os Yorkshire terrier têm pelos longos e rígidos, que quase nunca caem.

Os Shih Tsu e Poodle também não provocam alergia, principalmente se você levá-los ao pet shop com frequência, para um bom banho e tosa.

Animais exóticos

Talvez a opção mais segura para os alérgicos sejam os peixes, desde que sejam alimentados com comida viva. As rações secas são preparadas à base de crustáceos secos: Daphnia e Gammarus, que podem provocar reações alérgicas em humanos.

As tartarugas e os répteis como lagartos e camaleões são hipoalergênicos. Eles não suam, não soltam pelo nem se lambem. No entanto, a madeira úmida e as folhas do terrário podem provocar o surgimento de fungos aos quais algumas pessoas têm alergia. Por isso, é preciso cuidar bem da "casinha" do pet.

Os porquinhos-da-índia e os ratos sem pelo parecem super exóticos. E assim como gatos e cães sem pelos, são ótimas opções para alérgicos.

Se você prefere animais peludos, vale a pena considerar as chinchilas. Elas quase não têm glândulas sebáceas e também não soltam pelo. Sua única desvantagem são os hábitos noturnos. Ou seja: além de seu filho não poder se divertir com o pet durante o dia, talvez ele o incomode fazendo uma festinha de madrugada.

Imagem de capa depositphotos