Incrível
Incrível

20+ Amiguinhos que “tocaram o terror” e seguiram como se nada tivesse acontecido

Crianças fazem arte o tempo inteiro: entornam comida, quebram coisas, mexem no que não deveriam. Mesmo quando pedimos para não fazer, elas fazem e ainda ficam com a carinha mais inocente que existe. Mas será que estamos falando das crianças humanas ou dos nossos pets? No caso de hoje, as estrelas são os filhos peludos!

O Incrível.club reuniu alguns bichinhos de estimação que aprontaram todas e depois agiram como se nada tivesse acontecido. Como são eternas crianças, o que nos resta é dar boas risadas das situações inusitadas em que eles se meteram. Confira só!

Que foi? Está olhando o quê?

“Conheça Cosmo, o destruidor... de plantas”

Oi, humano!

“Tirei uma foto enquanto ele estava destruindo seu novo osso”

“Meu melhor amigo fez 5 anos ontem e comemorou destruindo algumas coisas”

Ai, que sonequinha boa!

Flores são tão lindas, acho que vou comer um pouquinho

“Primeiros dias da escassez nacional de papel higiênico”

“Ah, que lindo este pequeno jardim! Seria uma pena se alguém... esmagasse tudo”

“Meu cachorro destruiu um de seus brinquedos e se tornou um supervilão”

É sempre bom tirar uma soneca depois de detonar uma almofada

“Meu pequeno Shiba Inu com 1 mês e meio. Destruidor de jardins”

“Ladrão de fios e destruidor de tudo o que é fofo”

Fazendo esta carinha você vai dizer que ele é o culpado?

“As cabras fazem o que querem”

“Este ser adorável comendo meu sanduíche enquanto pisa no pedaço de pão que eu dei a ele”

“Não estou dizendo que meu cachorro deve respeitar um pouco mais o gato, mas...”

“Peguei ele roubando uma fatia de carne na noite de taco!”

“Por que se deitar na cama do gato quando você pode usar a cesta de frutas?”

“Devo regá-lo?”

Seu amigo pet já aprontou alguma que fez você cair na gargalhada depois? Compartilhe seu relato conosco nos comentários e fique à vontade para nos enviar fotografias também. 😉

Imagem de capa Gracynvh/ Reddit
Incrível/Animais/20+ Amiguinhos que “tocaram o terror” e seguiram como se nada tivesse acontecido
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos