Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15 Pessoas que resgataram um animal e encontraram um amigo para a vida toda

3-1-
14k

A indiferença é pior que a crueldade, porque a crueldade é rara, mas a indiferença parece estar generalizada hoje em dia. Esse é o principal tema de alguns clássicos da literatura no século XIX. Porém, vemos que desde então, pouca coisa mudou na nossa sociedade. A situação dos animais de rua é uma consequência direta da indiferença das pessoas. No entanto, ainda existe gente que luta e ajuda os animaizinhos o quando pode.

O Incrível.club selecionou algumas histórias sobre como os animais resgatados podem mudar a vida à nossa volta. Queremos que nossos leitores também se comovam com esse movimento e, se puderem, adotem um animal de rua. Sua vida será incrivelmente transformada. No final, ainda, temos um bônus que mostra como as crianças não são indiferentes às coisas ao seu redor. Confira!

***

Em nossa cidade, durante meses, um cão da raça spaniel andava em um mercado das redondezas. Ele tinha dificuldade para caminhar porque seu pelo estava bastante enroscado.

Minha mãe se compadeceu da situação do cachorrinho e procurou ajudá-lo ela mesma. Tentou cortar o pelo, mas não tinha jeito; havia um grande risco de danificar a pele: esse pelo caído e enroscado parecia ter crescido e formado um pequeno corpo. Levamos ele ao petshop. Foi difícil, os atendentes quebraram várias ferramentas tentando salvá-lo. No final, até nos fizeram um desconto por termos resgatado o animal. Ele ficou lindo, até perfume colocaram nele.

Depois disso, andávamos pela cidade com ele e todo mundo o admirava: “Onde você arranjou um cachorrinho tão lindo!?” E todo mundo sabia quem era ele, 90% da cidade o viu e ninguém havia feito nada.© Cutty.sark94

***

Eu trabalho com animais de rua. Os mais bonitos e limpinhos são adotados rapidamente. Mas, claro, os animais com ferimentos graves são feios. Eu os adoto e cuido deles em minha residência. Felizmente, minhas finanças me permitem que mantenha esse “trabalho extra”. Agora sou conhecido como o cara que tem um gato sem um olho, um gato cego, 2 gatos de três patas, 2 sem rabo, um quase sem pelos (devido a queimaduras) e um vira-lata em uma cadeira de rodas. São os meus favoritos, os mais amorosos e bonitos! © hyper228

***

Eu sou viciada em café. Portanto, no intervalo de cada aula, corro para uma cafeteria. Com minha visão periférica, vi certa vez 2 adolescentes jogando um para o outro uma touca ou luva. Pensei: “Eles não têm o que fazer.” Virei as costas. Mas, depois a “luva” gemeu! Me virei assustada e pensei — não é uma luva, é um cachorrinho ou um gatinho! Não consigo ver animais feridos, sobretudo os menores.

— Por que vocês estão torturando um animal?

— Oh, titia, vaza daqui!

— Por que vocês o estão chutando? E se fosse com vocês?

— Com a gente? Quem chutaria? Você?

Estava de dia, na rua principal da cidade, mas as pessoas estavam com tanta pressa que não se importavam com o entretenimento desses trastes. Exceto uma idiota como eu. Está escrito em minha testa que cresci com garotos, que estudo com garotos e que não sou uma garotinha frágil qualquer. Eles me deram um golpe e minha touca caiu. Eu gritei, então, me bateram de novo.

Nem imagino como isso acabaria se não fosse um homem que gritou e veio correndo prestar-me socorro. Os delinquentes fugiram. O homem me ajudou, e a “luva” estava encolhida à deriva na neve — quando olhei atentamente, vi que era um filhote de yorkshire terrier. Não entendi. Como? Um filhote de yorkshire nas ruas? Havia mais perguntas do que respostas.

Eu entrei sorrateiramente com o filhote na universidade debaixo do meu casaco. Levei ele ao banheiro e embrulhei numa camisa. Alguns estudantes se reuniram ao meu redor no corredor. E sabe o que me impressionou? O que eles disseram.

“Ah, eu o vi sendo maltratado”

“Era esse cachorrinho que estava sendo chutado”

“É um cachorro de raça? Pensava que estavam batendo em um cachorro de rua”

“Awn, posso levá-lo para casa?”

Não. Não pode. Vai embora. Me sentia muito mal com dores e por causa de toda a situação e o filhotinho precisava ir ao veterinário. O veterinário disse que ele teve algumas fraturas e que devia ter uns 2 meses. Eu o adotei e o chamei de Pirata. Para ser sincera, não gosto de cachorros de porte pequeno. Mas o pirata é um grande cão destemido que por acaso está num pequeno corpo de “luva”. © WeeSparrow

***

Salvamos uns pequenos esquilos no último minuto. Um estava prestes a ser jantar para um gato e o outro era café da manhã para um cachorro. Eles ainda são pequenos demais para voltar para casa sem sofrer com outros animais. © henlodan

***

Deixei o meu filho adotar um gato de abrigo. O bichano era acanhado e tímido. Perguntei ao meu filho por que ele escolheu esse gato em particular. Ele disse que o felino parecia especial para ele. © aspencer80 / imgur

***

Minha mãe foi ao abrigo de animais e gritou: “Quem quer ser meu gato?!” E Gomez, o gato siamês, foi o único que começou a miar como um louco. Ele está conosco há 9 anos. É o gatinho da minha infância e sempre me lembrarei dele. © MissShayla

***

Ontem, fomos com meus filhos jogar o lixo em uma lata. Vivemos em um condomínio fechado e apesar de ainda ser na cidade, fica nos subúrbios. Quando estávamos voltando encontramos um vizinho no caminho:

— Você viu os gatinhos lá?

— Não, onde?

— Perto do lixo, eles estavam amarrados em um bolsa. Eu rasguei e eles ficaram lá.

Droga! Voltamos. O vizinho foi com a gente. Abrimos o pacote. Por cerca de 30 segundos, ficamos em silêncio. E meus filhos como se fossem um coro disseram: “Mãe, por que eles estão assim?” Era meio de agosto, verão aqui no hemisfério norte. Quem faria isso com duas criaturinhas? Amarrá-las e jogá-las no lixo como se fossem algo desnecessário. Não sei o que aconteceu com as pessoas e não pude responder às crianças. Então, os adotei. Eram 2 machos. Agora, sou “mãe de gato”. © Marans

***

Eu tive pesadelos por um longo período e não sabia como lidar com isso. Recentemente, adotei um gatinho. Ele é todo preto, fofo e seus olhos são verdes, mas sua personalidade... Ele odeia todo mundo, briga, morde. Apenas eu consigo acariciá-lo e ele só dorme comigo. Coincidentemente, na minha cabeça. Ele se deita na minha cabeça quase como um chapéu. O mais surpreendente: meus pesadelos desapareceram. Todos brincam comigo que agora tenho meu próprio filtro dos sonhos vivo. © overheardaboutanimals / vk

***

Nossa gatinha foi encontrada embaixo da varanda em uma nevasca. Quando a encontramos, ela estava praticamente desacordada. E agora, um ano depois, ela fica louca na neve! Meu namorado tinha um gato que faleceu. E essa nova é incrivelmente parecida com ele! É perfeita para a nossa pequena família — a nossa melhor gatinha! © agarci_0504

***

Há muitos gatos de rua morando ao nosso lado. No inverno, minha esposa faz casas especiais para eles para que não congelem de frio. © Cabalagent1

***

Meu amigo tirou este bebê do abrigo e esta foto é tudo que você precisa ver hoje. © themindmd / Reddit

***

Minha namorada adotou um gatinho. Ele estava com problemas em se acostumar com a casa nova. Então, ela decidiu apenas deitar-se e dormir ao lado dele no chão, no lugar que ele escolheu. © Abortivora

***

Hoje fui às lágrimas em um abrigo de animais, porque este gatinho me abraçou e enterrou seu rosto no meu pescoço. © Flowwwerr / Reddit

***

Dois dias atrás, era o dia nacional dos gatos pretos e ouvi dizer que muitos bichanos pretos não são adotados. Eu não gosto muito de gato, mas minha esposa e eu adotamos uma gatinha linda de 7 anos como nosso primeiro felino! © KevdogFTW

***

Um garotinho de 9 anos chamado Pavel Abramov, que mora na Rússia, ama pintar retratos de animais. Mas não, ele não os vende por dinheiro. Em vez disso, troca as pinturas por remédio e comida para animais de rua em abrigos. Um homenzinho com um coração grande e gentil. © overheardaboutanimals / vk

Bônus: nem só os animais sofrem com a indiferença humana

“Um sem-teto se aproximou da minha filha de 3 anos no ônibus. Ele cheirava mal e estava todo sujo. Ela tocou em seu rosto e disse: ’vai ficar tudo bem!’ O homem chorou e agradeceu à minha filha. Ele desceu na parada de ônibus mais próxima.”

A vida de cada criatura viva tem um valor, então não feche os olhos para a indiferença. Você já resgatou algum animal ou participa de alguma ONG que os ajude? Conte-nos nos comentários.

Imagem de capa aspencer80 / imgur
3-1-
14k